Castroneves acredita que volta ficará de “um a dois segundos” mais rápida

Brasileiro avalia que primeira curva não será tão afunilada, mas ainda acha 'S do Samba' ponto perigoso de acidentes

Hélio Castroneves falou hoje de forma mais descontraída em sua garagem, no pavilhão do Anhembi. O líder do campeonato acredita que a primeira curva deixará a volta de um a dois segundos mais rápida, e não vê entrada da mesma tão segura como esperava de início.

“Dei uma olhada. Ficou bem mais rápida, primeira e a segunda zebras estão bem mais baixas”, falou ao TotalRace.

“Acredito que em largadas e relargadas devamos ter condições de dois carros passarem de uma vez, o que ajuda a não ter tanto acidente, como tivemos no ano passado.”

“Mas ainda vai aglomerar a entrada da curva, pelo fato de ser uma reta relativamente grande. Mas em relargada todo mundo vai tentar colocar três ou quatro carros, então pode ser ainda uma área de perigo, mas acredito que melhore muito.”

O brasileiro acredita também que as mudanças deixem a pista mais veloz. “Provavelmente ficará mais rápida. Não se se um ou dois segundos, mas vai ficar.”

Quanto a previsão de chuva para o domingo, o tricampeão da Indy 500 já achava que pelo clima em São Paulo fosse ser possível ter uma corrida no molhado.

“Quado começa a ficar muito bom, a semana inteira está seca, comecei a ver que o negócio pode atrapalhar. Mas não importa, o que vale mesmo é que estamos andando bem, espero que consigamos manter o mesmo rendimento.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IndyCar
Tipo de artigo Últimas notícias