Chefe da KV diz: "Rubens deu indícios que não está satisfeito"

Vasser comenta que o brasileiro parece não estar satisfeito com o desempenho da equipe nesta temporada da Indy

O chefe de equipe de Rubens Barrichello na Fórmula Indy, o ex-piloto Jimmy Vasser, reconhece que o brasileiro pode não ficar na KV Racing na próxima temporada.

O piloto brasileiro não esconde o desejo de correr por uma equipe na qual tenha condições de vencer.

"Eu acho que ele está andando bem. Ele quer continuar na categoria, mas ouvi muitas coisas sobre dele nas últimas semanas a equipe que dá indícios de que não está satisfeito", comentou Vasser à rádio oficial da Fórmula Indy.

"Acho que ele vai se aproximar da Honda na próxima temporada. Ele quer e merece ser o melhor", finalizou. “Assinamos um contrato de apenas um ano com ele e estamos preparados para isso desde o primeiro dia”.



Como o venezuelano E.J. Viso também está sem contrato para 2013, apenas o brasileiro Tony Kanaan está confirmado. "Temos contrato com o Tony para a próxima temporada e, no momento, é o que temos garantido”, concluiu Vasser. 

O trio da KV entra na pista neste sábado para o treino classificatório da etapa de Sonoma às 18h30.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IndyCar
Tipo de artigo Últimas notícias