Dixon define ação de mecânico como "coisa mais descarada que viu"

compartilhar
comentários
Dixon define ação de mecânico como
Por: Gabriel Lima
26 de ago de 2013 14:23

Neozelandês, que perdeu provável vitória após incidente nos boxes, critica inconsistência de punições na Indy

O bicampeão da IndyCar, Scott Dixon, não acabou o GP de Sonoma satisfeito após ter sido o 15º colocado. O piloto da Chip Ganassi liderava a corrida quando, em sua última parada, acabou acertando sua roda traseira esquerda no pneu traseiro direito recém-trocado de Will Power nas mãos de um mecânico.

Com o choque, o membro da Penske acabou acertando outro mecânico. Mesmo com o acidente espetacular, ambos não se feriram com gravidade. Para Dixon, a culpa do acidente foi do mecânico que atrapalhou de propósito sua saída dos boxes.

"Essa é provavelmente a coisa mais descarada que eu vejo em muito tempo", disse Dixon.

"Você vê que a maioria dos caras do pit tentam sair do caminho dos outros. Foi uma conduta desonesta para mim. Se esse é o jeito que eles [Penske] querem para ganhar, isso é muito ruim. "

“Eu tinha uma linha reta de sair dos boxes e ele [mecânico] simplesmente caminhou para mim. Você também olha para as reclamações que as pessoas fazem do Controle da Corrida. A consistência aqui é horrível", criticou.

Diretor de corridas da Indy, Beaux Barfield se defendeu dizendo que o toque foi de responsabilidade de Scott. "Se alguém não usa um bom julgamento quando sai dos boxes e nós temos um incidente, então, certamente, nós temos que penalizar [este piloto]", disse Barfield.

"As linhas são um pouco confusas, porque não as mudamos em todos os lugares que vamos. Há um ângulo diferente, se você olhar. Você pode ver a diferença entre as placas da Target e da Verizon na parede. Com o carro No. 9 (Dixon) deixando o pit lane, ele atravessa claramente o pit do carro n º 12 (Power). Esta é a violação", completou.

Próxima IndyCar matéria
Power vence corrida maluca em Sonoma e Helinho amplia vantagem

Previous article

Power vence corrida maluca em Sonoma e Helinho amplia vantagem

Next article

Mesmo aumentando vantagem, Hélio é realista: “Não podemos relaxar”

Mesmo aumentando vantagem, Hélio é realista: “Não podemos relaxar”
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria IndyCar
Autor Gabriel Lima
Tipo de matéria Últimas notícias