Dixon testa aeroscreen da Indy na próxima quinta em Phoenix

Dispositivo protetor de cockpits da categoria norte-americana irá pela primeira vez à pista após testes em simulador e túnel de vento

O tetracampeão da Indy Scott Dixon testará na próxima quinta-feira o novo aeroscreen, desenvolvido para ser o novo protetor de cockpit da categoria norte-americana. O treino ocorrerá no circuito de Phoenix, durante o teste de estreantes no oval.

A IndyCar planeja simular condições de sol, crepúsculo e noite para ver o quanto o aeroscreen afetará a visibilidade do motorista.

"Este foi um processo longo, que tem sido muito metódico", disse o presidente de competição e operações da IndyCar, Jay Frye.

"Nós nos esforçamos para criar um dispositivo de segurança que esteticamente pareça bom e funcione em todas as condições, e isso é um teste destas coisas.”

"Qualquer peça que coloquemos em um carro da Indy deve funcionar para vários tipos de locais e diferentes condições de iluminação. Deve ser versátil."

O protótipo foi testado no túnel de vento e no simulador da Dallara, com Gabby Chaves guiando. No entanto, a IndyCar continua a enfatizar que ainda não decidiu quando irá adotar oficialmente um sistema de proteção de cockpit.

"Nós testámos isso no simulador da Dallara, mas esta será a primeira vez em um carro na pista", disse Frye. "Então, este é apenas o próximo passo no processo".

O novo aeroscreeen é feito de um material de transparente chamado de Opticor, da empresa PPG. O material é o mesmo que a empresa usa na produção de protetores de aviões caça.

O material se mostrou ser mais forte, mais leve e mais resistente ao impacto que o policarbonato utilizado anteriormente, de acordo com Jeff Horton, diretor de engenharia e segurança da IndyCar, que liderou o desenvolvimento do dispositivo com o Dr. Terry Trammell, consultor médico da IndyCar.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IndyCar
Pilotos Scott Dixon
Equipes Chip Ganassi Racing
Tipo de artigo Últimas notícias