Dixon vence etapa do Texas da Indy; Kanaan e Leist abandonam

compartilhar
comentários
Dixon vence etapa do Texas da Indy; Kanaan e Leist abandonam
10 de jun de 2018 02:47

Neozelandês da equipe Ganassi aproveitou bem as bandeiras amarelas para ajustar sua estratégia de reabastecimento e troca de pneus

Sétimo do grid de largada, Scott Dixon venceu a etapa do Texas da Indy ajudado por oportunas bandeiras amarelas, que o ajudaram a entrar nos pits na hora certa para garantir a vitória.

A segunda posição ficou com o campeão da Indy de 2016, Simon Pagenaud, que nas voltas finais ainda tentou atacar Dixon, mas foi obrigado a desistir para se defender das investidas de Alexander Rossi, o terceiro colocado.

A corrida não foi nada boa para os brasileiros Matheus Leist e Tony Kanaan. Leist abandonou ainda nas primeiras voltas, depois que seu carro pegou fogo e Kanaan também não completou a prova por causa de uma quebra na suspensão de seu carro.

A corrida

Logo na largada, o pole position Josef Newgarden segurou a pressão de Simon Pagenaud e manteve a ponta, seguido por Will Power em terceiro. Sexto do grid, Tony Kanaan chegou a ocupar a quarta posição, mas não conseguiu segurar o posto e voltou para sexto.

Seis voltas mais tarde, o carro de Matheus Leist, companheiro de equipe de Kanaan na A.J. Foyt, perdeu potência na curva 1 e já lento na pista começou a pegar fogo. Matheus encostou seu carro e saltou rapidamente dele, em um incidente que causou a primeira bandeira amarela da corrida.

Logo após a relargada, autorizada na 15ª volta, Newgarden seguiu na ponta e quem conseguiu se dar bem foi Will Power, que fez bom uso do vácuo para ultrapassar Simon Pagenaud. Mais atrás, Zach Veach ultrapassava Takuma Sato e James Hinchcliffe e assumia a ddécima posição.

Depois do incêndio no carro causar o abandono de Metheua Leist, quem começou a enfrentar problemas, mas na suspensão do carro, foi Tony Kanaan, que chegou a tocar no muro antes de parar nos pits.

Mesmo perdendo 13 voltas parado nos pits, Kanaan ainda voltou para a pista. Algumas voltas mais tarde, Kanaan voltou aos pits para abandonar a prova de vez.

Com 70 das 248 voltas completadas e todos tendo parado para reabastecer e trocar pneus, a liderança passou a ser de Simon Pagenaud, com Newgarden em segundo e Power em terceiro. Mas 15 voltas mais tarde, Robert Wickens colocou a faca entre os dentes, ultrapassou Power e Newgarden para assumir a segunda posição.

Dez voltas depois, foi a vez de Wickens, que estreou na Indy neste ano vindo do DTM, investir sobre Pagenaud e assumir a liderança.

Com pouco mais da metade da corrida percorrida e todos os pilotos tendo parado para reabastecer e trocar pneus, a liderança mudou de mãos e passou a ser de Scott Doxon, com Wickens em segundo e Newgarden em terceiro.

Pouco depois, foi a vez de Alexander Rossi ultrapassar Newgarden e Wickens para ser o novo segundo colocado. A essa altura, Scott Dixon seguia líder absoluto, quase 12 segundos, ou meia volta à frente de Rossi.

Na volta 173, Robert Wickens e Ed Carpenter se tocaram e ambos acabaram no muro da curva 4 do circuito do Texas enquanto Wickens passava pelo retardatário Carpenter, causando a segunda bandeira amarela da corrida.

Na relargada, autorizada na volta 186, Scott Dixon, que aproveitou a bandeira amarela para reabastecer e trocar pneus, acelerou forte para se manter na ponta, seguido por Simon Pagenaud em segundo e James Hinchcliffe, que pouco depois perdeu a terceira posição para Ryan Hunter-Reay.

Poucas voltas mais tarde, Alexander Rossi foi para cima, ultrapassou Hinchcliffe e Hunter-Reay para assumir a terceira posição.

Na volta 205, Zachary Claman de Melo tentou ultrapassar Will Power por fora, resultando no acidente que provocou a terceira bandeira amarela da prova e nova intervenção do safety car.

Mais uma vez aproveitando a bandeira amarela, os cinco primeiros, puxados por Scott Dixon, foram para os pits para trocar pneus e reabastecer em uma tentativa de evitar mais uma parada.

Após a relargada, autorizada a 333 voltas do fim, Dixon acelerou forte para se segurar na ponta e mesmo pressionado por Simon Pagenaud, soube segurar o francês para cruzar a linha de chegada na primeira posição.

Resultado

Cla #PilotoVoltasTempoGapIntervaloMphPitsAabandonoPontos
1   9 new_zealand Scott Dixon  248 2:00'53.2155     177.250 4    
2   22 france Simon Pagenaud  248 2:00'57.5098 4.2943 4.2943 177.145 4    
3   27 united_states Alexander Rossi  248 2:00'57.7825 4.5670 0.2727 177.138 4    
4   5 canada James Hinchcliffe  248 2:00'58.3024 5.0869 0.5199 177.126 4    
5   28 united_states Ryan Hunter-Reay  248 2:00'59.9456 6.7301 1.6432 177.086 5    
6   15 united_states Graham Rahal  248 2:01'00.4899 7.2744 0.5443 177.072 5    
7   30 japan Takuma Sato  248 2:01'01.5612 8.3457 1.0713 177.046 5    
8   18 france Sébastien Bourdais  248 2:01'02.6678 9.4523 1.1066 177.019 5    
9   10 united_arab_emirates Ed Jones  248 2:01'18.3093 25.0938 15.6415 176.639 6    
10   23 united_kingdom Charlie Kimball  247 2:01'08.4623 1 volta 1 volta 176.165 5    
11   21 united_states Spencer Pigot  247 2:01'10.3201 1 volta 1.8578 176.120 5    
12   59 united_kingdom Max Chilton  247 2:01'18.3742 1 volta 8.0541 175.925 5    
13   1 united_states Josef Newgarden  244 2:00'53.5965 4 voltas 3 voltas 174.382 7    
14   98 united_states Marco Andretti  244 2:00'54.3484 4 voltas 0.7519 174.364 4    
15   88 colombia Gabby Chaves  240 2:00'54.5636 8 voltas 4 voltas 171.500 7    
16   26 united_states Zach Veach  238 2:01'02.4786 10 voltas 2 voltas 169.886 6    
17   19 canada Zachary Claman DeMelo 205 1:38'12.7417 43 voltas 33 voltas 180.344 4 Accident  
18   12 australia Will Power  204 1:36'31.5335 44 voltas 1 volta 182.600 3 Accident  
19   6 canada Robert Wickens  171 1:15'27.6505 77 voltas 33 voltas 195.789 2 Accident  
20   20 united_states Ed Carpenter  168 1:15'27.2176 80 voltas 3 voltas 192.372 3 Accident  
21   14 brazil Tony Kanaan  31 25'01.3619 217 voltas 137 voltas 107.039 2 Accident  
22   4 brazil Matheus Leist  5 2'12.7157 243 voltas 26 voltas 195.305   Fire
Next article
Newgarden é pole da Indy no Texas; Kanaan é 6º e Leist 19º

Previous article

Newgarden é pole da Indy no Texas; Kanaan é 6º e Leist 19º

Next article

Retorno da McLaren para Indy “parece favorável” diz CEO

Retorno da McLaren para Indy “parece favorável” diz CEO
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria IndyCar
Evento Texas
Localização Texas Motor Speedway