Ericsson comemora “ótimo” primeiro teste na Indy

compartilhar
comentários
Ericsson comemora “ótimo” primeiro teste na Indy
5 de dez de 2018 11:04

Sueco andou com carro da Schmidt Peterson no circuito de Sebring e aprovou experiência: “Tudo ocorreu conforme o planejado”

Marcus Ericsson celebrou sua primeira experiência a bordo de um carro da Indy no início dos preparativos para a temporada de 2019.

O sueco, que deixou a F1 depois de cinco temporadas, guiou o carro da Schmidt Peterson no circuito de Sebring, na Flórida, e completou mais de 100 voltas em sua primeira jornada.

Ericsson destacou a adaptação relativamente rápida, especialmente pelo fato de o carro da Indy ter tantas diferenças com o F1.

“Foi um ótimo primeiro dia. É ótimo poder começar, e foi muito positivo”, disse ao Motorsport.com. “Tudo ocorreu conforme o planejado e me acostumei com o carro um pouco mais rápido do que eu esperava, para ser sincero.”

“Então, tenho de dar o crédito à equipe: eles me ajudaram para me preparar com todas as informações, então, depois de algumas voltas, eu já estava pronto para forçar o ritmo e começar a testar coisas diferentes no acerto.”

“Depois de estar cinco ano na F1, esperava que levaria um pouco mais de tempo, para ser honesto, porque há uma grande diferença entre os carros.”

Questionado sobre as principais diferenças entre os dois modelos de monopostos, Ericsson detalhou: “Na F1, com a direção assistida e muitas ferramentas, você deve deixar o carro perfeito em todas as curvas. Mas, na Indy, antes de tudo, ele é um carro mais pesado de guiar, e também você não pode ser tão preciso na forma de guiar. É preciso dar um jeito de compensar os problemas de equilíbrio, porque você tem de aceitar que o carro não será perfeito em todos os tipos de curva”, destacou.

O piloto sueco competirá na Schmidt Peterson Motorsport ao lado de James Hinchcliffe na temporada completa da Indy.

Entrevista dada a David Malsher

Next article
Alonso terá motor Chevrolet em participação na Indy 500

Previous article

Alonso terá motor Chevrolet em participação na Indy 500

Next article

Mears: Alonso será um forte concorrente na Indy 500

Mears: Alonso será um forte concorrente na Indy 500
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria IndyCar
Pilotos Marcus Ericsson
Equipes Schmidt Peterson Motorsports