Ericsson competirá na Indy em 2019 pela Schmidt Peterson

compartilhar
comentários
Ericsson competirá na Indy em 2019 pela Schmidt Peterson
David Malsher
Por: David Malsher
30 de out de 2018 12:46

Sueco que atualmente está na Sauber, correrá no carro #7 ao lado de James Hinchcliffe

Marcus Ericsson, de 28 anos, que venceu três vezes na GP2, e que esteve na Sauber nas últimas quatro temporadas, e que terá 97 provas ao término da temporada deste ano na Fórmula 1 competirá na Indy em 2019.

Com o atual companheiro de equipe Charles Leclerc se mudando para a Ferrari no próximo ano, a Sauber está tendo uma mudança completa em sua formação para 2019, com Kimi Raikkonen ao lado de Antonio Giovinazzi. No entanto, a Ericsson continuará como parte do plantel, como piloto reserva.

"É uma grande honra ser escolhido como um dos pilotos da Schmidt Peterson Motorsports e da Indy para a temporada de 2019", disse Ericsson. "Parece um passo perfeito para mim e para minha carreira depois de cinco anos na F1.”

“Mal posso esperar para começar a trabalhar com a SPM e com todas as pessoas da equipe sobre as quais ouvi muitas coisas boas. Eles tiveram um grande sucesso ao longo dos anos e estou ansioso para trabalhar duro para continuar e melhorar nesse caminho.”

“As corridas na Indy parecem ótimas e eu me sinto muito animado em fazer parte disso no futuro. Vai ser muito bom aprender, incluindo novas pistas, corridas ovais, etc. Sei que não será fácil, mas é um desafio que estou muito ansioso e mal posso esperar para começar.”

O co-proprietário da equipe, Sam Schmidt, comentou: “Ric [Peterson] e eu estamos animados em dar as boas-vindas a Marcus ao time. Ele tem muita experiência em competir nos níveis mais altos do automobilismo, por isso acreditamos que ele poderá contribuir para o nosso programa de desenvolvimento que começou em 2018.”

“Enquanto os circuitos da programação da Indy serão novos para ele, particularmente os ovais, temos muita confiança em sua vontade de aprender junto com sua ética de trabalho. Achamos que ele e James [Hinchcliffe] ajudarão um ao outro e lutarão por vitórias.”

Ericsson competirá com o carro #7 da SPM, já que o #6 ficará designado ao retorno de Robert Wickens "quando ele quiser e puder retornar".

Next article
Wickens esclarece quadro e diz que pode recuperar movimentos

Previous article

Wickens esclarece quadro e diz que pode recuperar movimentos

Next article

Surfers Paradise mira em retorno à Indy em 2020

Surfers Paradise mira em retorno à Indy em 2020
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1 , IndyCar
Pilotos Marcus Ericsson
Equipes Schmidt Peterson Motorsports
Autor David Malsher
Tipo de matéria Últimas notícias