Escalando o pelotão, Kanaan ganha 12 posições na prova de Detroit

Piloto da KV é o melhor da equipe e termina sexta etapa do campeonato na sexta posição; no campeonato assume o nono posto

Kanaan é o melhor brasileiro da Fórmula Indy em Detroit

Se o fim de semana para os seus companheiros de equipe na KV não foi muito bom  (Rubens Barrichello foi 25º e EJ Viso, 18º), Tony Kanaan não tem do que reclamar. O brasileiro, que largou em uma longínqua 18ª colocação, terminou a prova de Detroit em sexto, angariando 12 posições durante a corrida e somando mais 28 pontos no campeonato (141 no total).

"A equipe traçou uma estratégia brilhante e me colocou no pelotão da frente", disse Tony Kanaan. "Acho que eu estava em uma boa posição para lutar pelo pódio, mas quando a direção de prova autorizou todos os pilotos a colocarem os pneus antes do reinício da corrida, eu fiquei em uma posição ruim, pois já estava em meu último jogo de pneus macios e não tinha nada novo. Então, como esperava, fui ultrapassado por alguns carros com borracha nova na relargada", afirmou o brasileiro, se referindo à interrupção da prova na volta 45 após parte do aslfato se desfar com o passar dos carros.

Com a boa posição, Tony Kanaan se firma em nono no campeonato, somente um ponto atrás de Ryan Briscoe, o oitavo, e a menos de uma vitória (50 pontos) da terceira posição no certame.

A próxima prova da categoria, no rápido oval do Texas, já foi vencida pelo brasileiro, em 2004, quando era piloto da Andretti Green.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IndyCar
Tipo de artigo Últimas notícias