Etapa de Boston da Indy é cancelada

Os planos da primeira prova da categoria na cidade foram para a lata do lixo

O GP de Boston estava planejado para o dia do trabalho norte-americano e serviria como a 15ª e penúltima etapa do campeonato deste ano.

"A relação entre nós e a cidade não está funcionando", disse o promotor da corrida, John Casey, ao jornal Boston Globe. "A relação está insustentável."

Comunicado da IndyCar

Na noite desta sexta-feira a categoria emitiu uma declaração à imprensa.

"A INDYCAR tomou conhecimento das notícias envolvendo o GP de Boston esta noite", diz o release. "Estamos, obviamente, desapontados com estas matérias na imprensa, estamos recolhendo dados adicionais e vamos responder em momento apropriado. Nesta fase, é prematuro para INDYCAR fazer mais comentários sobre a situação que Boston vive ou a perspectiva de um evento substituto."

Comunicado do órgão "anti-GP"

Larry Bishoff, um dos comandantes do "Coalition Against IndyCar in Boston", também emitiu um comunicado.

"Estamos gratos que o processo público finalmente funcionou, que o povo de Boston será poupado dos danos e destruição de nossas ruas e que as pessoas em South Boston e de Seaport conseguirão viver suas vidas sem a interferência desta corrida.

"Desde o início, este foi o lugar errado para este evento."

A série agora está focada em encontrar um local alternativo no nordeste dos Estados Unidos para realizar uma corrida de rua no fim de semana do Dia do Trabalho.

Infelizmente, o cancelamento de um evento agendado não é sem precedentes na IndyCar. Em 2015 a etapa de Brasília também foi cancelada próximo ao acontecimento.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IndyCar
Evento Watkins Glen
Tipo de artigo Últimas notícias