Ex-piloto pega 25 anos de prisão por abuso sexual de menor

Jon Herb teve sentença decretada nesta segunda-feira na Flórida. Piloto estava preso desde outubro de 2013

O ex-piloto da Indy, Jon Herb, foi condenado a 25 anos de prisão por abuso sexual de crianças e posse de material pornográfico infantil pelo tribunal do condado de Collier, na Flórida, segundo publicado pelo jornal Naples Daily News e reproduzido pelas principais agências dos Estados Unidos.

Herb, de 45 anos, escolheu não alegar insanidade - como seus advogados planejaram antes do julgamento - e não contestou as duas acusações mais graves: abuso sexual e posse de pornografia infantil. Após o período de prisão, o ex-piloto ficará sob condicional vitalícia.

A polícia prendeu Herb em outubro de 2013, após serem descobertas 243 fotos e três vídeos de uma menina de apenas quatro anos fazendo sexo oral no ex-piloto. Os arquivos foram encontrados no laptop de Herb após denúncia de sua ex-mulher.

Jon Herb participou de 16 provas da Indy (IRL) entre 2000 e 2007, incluindo duas Indy 500. Pela Indy Lights ele correu 23 provas, vencendo a etapa de Phoenix, em 2005. Herb também tem em seu currículo 20 provas da ARCA, mas sem resultados expressivos.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IndyCar
Pilotos Jon Herb
Tipo de artigo Últimas notícias