Franchitti se salva de toque com Sato e vira tri da Indy 500

Prova foi decidida na última volta, com Kanaan terminando em terceiro e Rubens sendo o melhor estreante

Franchitti celebra terceira vitória na prova

Em um final eletrizante, marcado por uma relargada a seis voltas do fim e um acidente na volta final, Dario Franchitti venceu a edição de 2012 das 500 Milhas de Indianápolis, tornando-se tricampeão.

A prova se definiu no momento em que Takuma Sato, então segundo e com um carro mais veloz, forçou uma ultrapassagem no último giro, tocando em Franchitti e batendo no muro. 
 
Isso levando em conta que Franchitti rodou nos boxes após ser atingido por Ernesto Viso, e se recuperou fazendo uma corrida cerebral. "Me lembrou a disputa do Emerson com o Unser Jr. esse final", disse Franchitti no Victory Lane. O escocês, obviamente, dedicou a vitória ao amigo Dan Wheldon.
 
A prova acabou com uma dobradinha da Ganassi, com Scott Dixon em segundo, e Tony Kanaan sendo o melhor brasileiro, em terceiro com o carro da KV, chegando a liderar no momento da última relargada, mas não conseguindo segurar o ritmo dos rivais.
 
Oriol Servia terminou em quarto, seguido do pole position Ryan Briscoe e James Hinchcliffe, com Justin Wilson, Charlie Kimball, Townsend Bell e Helio Castroneves completando a lista dos dez primeiros após quase três horas de disputa.
 
Rubens Barrichello passou ileso por sua primeira corrida de 500 Milhas. Com uma pilotagem bastante consistente, sem cometer erros e constante, o veterano de 40 anos recém-completados ganhou o inusitado título de estreante do ano na corrida norte-americana, recebendo a bandeirada em um bom 11° lugar.
 
A prova contou com um número bem pequeno de abandonos, apenas dez, sendo três acidentes, um entre Will Power e Mike Conway, outro envolvendo Marco Andretti, e o de Sato. Outras bandeiras amarelas foram provocadas por rodadas de Brian Clauson, Bia Figueiredo e Rubens Barrichello. 
 
Tirando isso, foi uma corrida tranquila e bastante movimentada, com recorde na mudança de líderes: incríveis 35 trocas entre dez pilotos diferentes. Já dois abandonos foram ordenados pela direção de prova: Simona de Silvestro e Jean Alesi estavam com tempos 105% acima do líder, e foram retirados da corrida por questões de segurança.
 
Final:
 
1. Dario Franchitti   500 voltas
2. Scott Dixon a 0s0295
3. Tony Kanaan a 0s0677
4. Oriol Servia a 2s9166
5. Ryan Briscoe a 3s6721
6. James Hinchcliffe a 4s0962
7. Justin Wilson a 4s2430
8. Charlie Kimball a 4s6056
9. Townsend Bell a 5s6168
10. Helio Castroneves a 7s6352
11. Rubens Barrichello a 7s9240
12. Alex Tagliani a 8s2543
13. Graham Rahal a 8s7539
14. JR Hildebrand a 11s3423
15. James Jakes a 13s4494
16. Simon Pagenaud a 14s1382
17. Takuma Sato a 1 volta
18. EJ Viso a 1 volta
19. Michel Jourdain a 1 volta
20. Sebastien Bourdais a 1 volta
21. Ed Carpenter a 1 volta
22. Katherine Legge a 1 volta
23. Ana Beatriz a 10 voltas
24. Marco Andretti a 13 voltas
25. Josef Newgarden a 39 voltas
26. Sebastian Saavedra a 57 voltas
27. Ryan Hunter-Reay a 77 voltas
28. Will Power a 121 voltas
29. Mike Conway a 122 voltas
30. Bryan Clauson a 154 voltas
31. Wade Cunningham a 158 voltas
32. Simona de Silvestro a 190 voltas
33. Jean Alesi a 191 voltas

 

Classificação do campeonato:

 

1

Will Power

200

2

Helio Castroneves

164

3

James Hinchcliffe

164

4

Scott Dixon

153

5

Ryan Hunter-Reay

143

6

Dario Franchitti

136

7

Simon Pagenaud

136

8

Ryan Briscoe

128

9

Tony Kanaan

113

10

JR Hildebrand

103

11

Rubens Barrichello

102

12

Takuma Sato

100

13

Oriol Servia

99

14

Graham Rahal

97

15

Charlie Kimball

96

16

Justin Wilson

94

17

Ernesto Viso

94

18

Marco Andretti

86

19

James Jakes

77

20

Mike Conway

75

21

Sébastien Bourdais

74

22

Josef Newgarden

72

23

Ed Carpenter

67

24

Katherine Legge

61

25

Simona de Silvestro

61

26

Alex Tagliani

59

27

Bia Figueiredo

28

28

Townsend Bell

26

29

Michel Jourdain Jr.

16

30

Sebastian Saavedra

14

31

Bryan Clauson

13

32

Wade Cunningham

13

33

Jean Alesi

13

 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IndyCar
Tipo de artigo Últimas notícias