Gil de Ferran retorna à McLaren como consultor

Depois de ajudar Alonso na Indy 500 do último ano, brasileiro se junta a time inglês na Fórmula 1

Bicampeão da CART em 2000 e 2001 e vencedor das 500 Milhas de Indianápolis em 2003, Gil de Ferran se juntou à McLaren na Fórmula 1. O brasileiro será consultor na equipe um ano após ajudar Fernando Alonso em sua experiência na Indy 500 de 2017.

A McLaren também admitiu que está considerando um retorno à IndyCar. E, dada a sua experiência, De Ferran pode ter um envolvimento útil se o projeto ganhar força.

"Gil é um bom amigo da McLaren", disse o chefe do time, Zak Brown. "Nós o trouxemos como conselheiro para ajudar nossos jovens pilotos”.

"Estamos analisando alguns outros campeonatos, mais notavelmente a IndyCar está em nossos pensamentos, e ele obviamente tem uma grande história lá. Ele é um grande piloto que sabe andar pela garagem, tem muito conhecimento e pode nos ajudar a melhorar. Estamos de mente aberta a isso. Você o verá em Detroit para a corrida da IndyCar e em nossa garagem na Fórmula 1 muitas vezes."

Alonso disse que não teve envolvimento na contratação de De Ferran, mas está feliz por tê-lo voltando.

"Eu não estive envolvido, acabei de ser informado sobre a presença dele aqui", disse ele.

"Zak me ligou há algumas semanas para informar sobre essa posição de Gil, de ajudar a equipe a maximizar o desempenho e os recursos tendo um ponto de vista externo.”

"Estou feliz, eu o conheço da experiência da IndyCar, e é bom tê-lo aqui com talvez uma nova abordagem ou ponto de vista diferente de algumas das coisas que estamos fazendo. Ele é um ótimo cara.”

"No momento ele está apenas ouvindo, muito mais do que conversando. Está tentando entender como a equipe faz tudo, e como a filosofia da equipe McLaren F1 está no momento. Sua contribuição talvez seja mais tarde, ou em alguns meses."

O companheiro de equipe de Alonso, Stoffel Vandoorne, também apoiou a chegada de Gil.

"Gil é obviamente um cara muito experiente", disse ele. "Ele tem muita experiência em corridas em geral, na F1 e na IndyCar”.

"Ele é relativamente novo no nosso time, mas é positivo ter alguém novo a bordo e ter um pouco de uma nova influência em um papel consultivo.”

"Eu vejo isso como positivo e eu comecei a trabalhar com ele agora, em Barcelona. Este será agora o segundo fim de semana, então estamos querendo construir em cima disso."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IndyCar , Fórmula 1
Equipes McLaren
Tipo de artigo Últimas notícias