Honda gostaria de receber Alonso na Indy em 2019

compartilhar
comentários
Honda gostaria de receber Alonso na Indy em 2019
Por: Tom Errington
16 de ago de 2018 21:06

Companhia japonesa não vê problemas em ter piloto espanhol no comando de um carro da categoria utilizando suas unidades

A Honda disse que gostaria de receber Fernando Alonso se ele se juntar à IndyCar em 2019, e não descartou o fornecimento de motores para a McLaren se a equipe entrar no campeonato.

Houve especulações de que o mau desempenho da McLaren com motores Honda na Fórmula 1 prejudicou a possibilidade da equipe se unir à montadora na Indy, devido às frequentes explosões de Alonso sobre o desempenho da empresa japonesa.

O Motorsport.com apurou que a McLaren está se inclinando para um suprimento de motores Chevrolet, depois de ter usado anteriormente motores Honda quando Alonso competiu nas 500 Milhas de Indianápolis.

Leia também:

Art St Cyr, presidente da Honda Performance Developments, disse: “Fernando Alonso é um dos principais pilotos desta geração, e gostamos muito de trabalhar com ele nas 500 Milhas de Indianápolis de 2017.”

"Ele mostrou que pode ser muito competitivo logo de cara, e seria ótimo para a Indy se ele decidisse guiar aqui em tempo integral, após sua carreira na Fórmula 1."

"Ter Alonso como piloto seria um benefício óbvio para qualquer equipe ou fabricante".

A Honda não descartou o fornecimento de motores para a McLaren, mas admitiu que está operando em seu limite no fornecimento de motores em 2018.  

"Nossos acordos de locação de motores são feitos entre a HPD e equipes específicas", acrescentou St Cyr.

"Várias de nossas atuais equipes da Indy já possuem acordos em vigor com a HPD para a temporada de 2019, e estamos operando perto da capacidade máxima durante todo o ano para fornecer adequadamente motores potentes e confiáveis ​​para essas equipes.”

"Tivemos discussões com várias equipes atuais e potenciais para 2019, e essas discussões estão em andamento."

Alonso provavelmente usará um motor Honda mais uma vez para o teste de 2018 da Indy, no qual ele deve guiar um carro da Andretti.

A McLaren está cada vez mais propensa a se juntar à Indy em uma afiliação com a Andretti, em vez da Rahal Letterman Lanigan Racing (RLLR).

Outras equipes em discussões sobre o suprimento de motores incluem uma futura unidade da DragonSpeed ​​na Indy e a RLLR está aberta para expandir para três carros no ano que vem.

Próxima IndyCar matéria
Pietro Fittipaldi faz primeira prova em oval após recuperação

Previous article

Pietro Fittipaldi faz primeira prova em oval após recuperação

Next article

Toyota encerra parceria de 44 anos com GP de Long Beach

Toyota encerra parceria de 44 anos com GP de Long Beach
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria IndyCar
Equipes McLaren Shop Now , Andretti Autosport
Autor Tom Errington
Tipo de matéria Últimas notícias