Hunter-Reay surge no fim e vence pela terceira vez em Milwaukee; Hélio é 2º

Atual campeão ganha onde iniciou arrancada em 2012. Power é o terceiro, Tony Kanaan é 10º e Bia Figueiredo, 19ª

Ryan Hunter-Reay venceu a segunda do ano em Milwaukee

Ryan Hunter-Reay venceu a segunda prova do ano nesta tarde em Milwaukee. O piloto da Andretti fez prova agressiva nos momentos certos. Ryan, quarto no grid, passou para segundo logo na largada e liderou pela primeira vez logo antes da primeira parada.

Com Sato em estratégia diferente, Hunter-Reay voltou à liderança apenas na volta 197, quando passou o japonês, realizou sua última parada e só administrou a vantagem para Castroneves para vencer pela terceira vez no oval de Wisconsin.

15 anos depois do primeiro pódio na Indy em Milwaukee, Hélio Castroneves se manteve como líder do campeonato após boa corrida de recuperação, vindo de 17º e chegando em segundo, assim como em 1998. O brasileiro aproveitou uma bandeira amarela no início e foi aos boxes. Com poucas bandeiras amarelas, o brasileiro conseguiu um bom ritmo e entrou entre os ponteiros.

Will Power foi o terceiro, seguido de um surpreendente EJ Viso, sendo constante e fechando em quarto lugar. Hinchcliffe foi o quinto, Dixon o sexto e Sato o sétimo. Kanaan foi o 10º fazendo corrida apática, e Bia, sofrendo um acidente a poucas voltas do fim, chegou em 19º e último lugar.

O pole position Marco Andretti, líder de todos os treinos neste fim de semana, teve prova cheia de azares. O norte-americano perdeu a ponta logo antes de sua  primeira parada e perdeu mais tempo ainda durante o pit stop, quando a mangueira de reabastecimento não saiu rapidamente. Mas sua corrida encontraria um final 20 voltas depois, quando teve problemas mecânicos, parou na pista e abandonou.

Na largada, Hunter-Reay pulou para segundo após ultrapassagem por fora em Hinchcliffe na primeira curva. Power o seguiu uma volta depois, indo para terceiro. Sendo assim, o Top 5 ficou Andretti, Hunter-Reay, Power, Hinchcliffe e Tony Kanaan, que ganhou duas posições na largada. Castroneves era o 16º, e Bia Figueiredo, 20ª.

A classificação permaneceu assim até a volta 21, quando Simona de Silvestro rodou na curva 4 e trouxe a primeira bandeira amarela. A suíça deixou seu carro morrer, mas voltou a prova. Isso abriu a primeira janela de pits. Oito pilotos pararam, entre eles Tagliani, Castroneves, Franchitti e Sato.

Na relargada, Tagliani rodou na retomada sem tocar na parede na curva 4 e trouxe mais uma vez a bandeira amarela.

Na segunda relargada, Marco Andretti continuava a liderar, seguido de Ryan Hunter-Reay, Will Power e James Hinchcliffe. Kanaan perdeu duas posições e foi para sétimo atrás de EJ Viso e Simon Pagenaud. Na volta 43, Viso passou Hinchcliffe e foi para quarto.

Na volta 54, Bourdais foi para os boxes após ter pane seca na pista. A sorte do tetracampeão não melhorou na saída da parada, quando passou por cima da mangueira e foi punido com um drive-through. Duas voltas depois, Viso passou Power pelo terceiro lugar. Em seguida, o venezuelano e Hunter-Reay foram para cima de Andretti fazendo o americano cair para terceiro.

Três voltas depois Andretti, Hunter-Reay e Hinchcliffe entraram nos pits. Azar de Marco, que teve problemas ao retirar a mangueira de reabastecimento.

Com as paradas, o Top 5 na volta 77 era Sato, Castroneves, Wilson, Newgarden e Franchitti. Viso era o sexto e Hunter-Reay sétimo. Andretti era o 16º. Kanaan era 14º e Bia era a 19ª.

Castroneves foi aos boxes na volta 90, abrindo a janela dos que pararam na primeira amarela. O líder Sato veio uma volta depois, seguido de Newgarden.

Com isso, Viso foi para a liderança, seguido de Hunter-Reay e Power. Sato e Castroneves vinham logo atrás. Com pneu novos, ambos passaram Will Power, logo antes da terceira bandeira amarela do dia, após Marco Andretti parar na pista.

A amarela fez Viso, Hunter-Reay, Power, Hinchcliffe, Kanaan e Dixon pararem. A classificação na volta 100 era Sato, Castroneves, Hunter-Reay, Viso, Power, Hinchcliffe e Kanaan. Bia era 15ª.  Andretti foi o segundo a abandonar, após Simona também desistir poucas voltas antes. Na volta 137, Marco voltou à pista após consertar seu carro.

Na volta 155, Castroneves começou a chegar em Sato. O brasileiro foi quem abriu a janela para a terceira parada, que trouxe Sato uma volta depois. Takuma voltou em sétimo e Hélio em oitavo. O top 5 era Hunter-Reay, Viso, Hinchcliffe, Power e Dixon. Na volta 163, Hinchcliffe, Hunter-Reay e Viso pararam. Power veio em seguida.

Na volta 182, a classificação era Sato, Castroneves, Hunter-Reay, Viso e Power. Uma volta depois Sato errou na curva 3 e quase bateu. Hélio chegou no japonês, mas não conseguiu passar.

Na volta 197, Hélio foi passado por Ryan Huter-Reay. O americano não perdeu tempo para pressionar Sato e passá-lo duas voltas depois. O japonês parou para a última parada na volta 201, e voltou em sétimo. Bia Figueiredo rodou na volta 212 na curva 4 e trouxe a quarta bandeira amarela do dia. A bandeira abriu a última janela de pits. Hunter-Reay, Hélio, Power, Viso e Hinchcliffe foram para os pits.

Na relargada, Hunter-Reay liderava seguido de Castroneves, Power, Viso, Dixon, Hinchcliffe e Sato. Kanaan era o 11º e Bia foi para o último lugar, 19º.

A três voltas do fim, Power atacou Castroneves pelo segundo, mas foi fechado pelo brasileiro. Abrindo desde a relargada, Hunter-Reay venceu com 4.8s à frente do brasileiro.

A próxima corrida acontece semana que vem no oval de Iowa.

Confira resultado após 250 voltas:

1. Ryan Hunter-Reay (Andretti Chevrolet) 250 voltas
2. Helio Castroneves (Penske / Chevrolet) + 4.8059s
3. Will Power (Penske / Chevrolet) + 5.392s
4. EJ Viso (Andretti-HVM / Chevrolet) + 6.2511s
5. James Hinchcliffe (Andretti / Chevrolet) + 6.4632s
6. Scott Dixon (Ganassi / Honda) + 16.5292s
7. Takuma Sato (AJ Foyt / Honda) + 23.3828s
8. Dario Franchitti (Ganassi / Honda) + 23.8041s
9. Justin Wilson (Dale Coyne / Honda) + 1 voltas
10. Tony Kanaan (KV Racing / Chevrolet) + 1 voltas
11. Josef Newgarden (SFHR / Honda) + 1 voltas
12. Simon Pagenaud (Schmidt / Honda) + 1 voltas
13. Sebastian Saavedra (Dragon / Chevrolet) + 2 voltas
14. Ed Carpenter (Ed Carpenter / Chevrolet) + 2 voltas
15. Ryan Briscoe (Panther / Chevrolet) + 2 voltas
16. Graham Rahal (RLL / Honda) + 3 voltas
17. Charlie Kimball (Ganassi / Honda) + 4 voltas
18. James Jakes (RLL / Honda) + 5 voltas
19. Ana Beatriz (Dale Coyne / Honda) + 8 voltas

Abandonaram

Marco Andretti (Andretti / Chevrolet) + 74 voltas problemas mecânicos
Tristan Vautier (Schmidt / Honda) + 77 voltas  problemas mecânicos
Sebastien Bourdais (Dragon / Chevrolet) + 98 voltas  problemas mecânicos
Alex Tagliani (BHA / Honda) + 104 voltas  problemas mecânicos
Simona de Silvestro (KV Racing / Chevrolet) + 181 voltas Acidente

Campeonato após nove corridas:
1. Hélio Castroneves – 299 pontos
2. Ryan Hunter-Reay – 283
3. Marco Andretti – 247
4. Scott Dixon – 222
5. Takuma Sato – 219
6. Tony Kanaan – 215
7. Simon Pagnenaud – 212
8. Justin Wilson – 207
9. James Hinchcliffe – 206
10. Dario Franchitti – 192

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IndyCar
Tipo de artigo Últimas notícias