Indy 500 não deve passar de 34 carros; veja lista provisória

Nem Chevrolet nem Honda buscam equipar mais do que 17 carros cada para a centésima edição das 500 Milhas de Indianápolis; entretanto, as duas fabricantes não descartaram entradas extras, que seriam analisadas caso a caso

As 500 Milhas de Indianápolis, uma das provas mais tradicionais do mundo do esporte a motor, não deve ter mais do que 34 inscritos para a centésima edição, segundo apurou o Motorsport.com. Embora muito tenha sido falado sobre 38 inscrições para a prova deste ano, 34 inscritos é o máximo que deve ser visto em Indianápolis.

Caso tal número seja atingido, o Bump Day - última chance para conseguir uma vaga no grid - será realizado, mas somente um carro ficará de fora da prova, já que são 33 as vagas no grid da Indy 500.

O presidente de competições da Indy, Jay Frye, no entanto, disse ao Motorsport.com que o contrato com as fabricantes de motores falam em mínimo de inscrições, não em um limite. “Nossos contratos com as fabricantes é baseado em exigências mínimas, não em limites. Os contratos exigem, no mínimo, 17 carros de cada, mas eles estão liberados para inscrever mais do que isso. Nossa função é garantir que o grid tenha 33 carros", disse.

Tanto Honda quanto Chevrolet disseram que estão abertas a novas inscrições, desde que os interessados apresentem um programa concreto e tenham o financiamento suficiente, mas nenhuma indicou ter sido abordada por prospectos atrativos até este mês.

“Colocaremos, como sempre, 17 motores no grid. Poderíamos ir além, dependendo do programa que nos procurasse. Mas o fator limitante, para ser honesto, é ter pessoal para colocar os carros na pista", disse Art St. Cyr, presidente da Honda Performance Development.

Mark Kent, diretor de competição da Chevrolet, não foi tão específico quanto Cyr. "Nós valorizamos muito nossa parceria com a Indy e compartilhamos o objetivo de fazer destas 500 Milhas de Indianápolis algo especial. Logo, enquanto seguimos nosso plano de dar suporte a 17 inscrições, estamos abertos para mais entradas caso elas apareçam", afirmou.

Lista provisória

Segundo apurou o Motorsport.com, a lista provisória para a centésima edição da Indy 500 contém as inscrições da tabela abaixo. Os brasileiros confirmados na prova são Helio Castroneves, na Penske, e Tony Kanaan, na Ganassi.

O terceiro piloto da Schmidt Peterson ainda não foi indicado e 34ª inscrição provavelmente virá da AFS Racing, embora o time possa alugar a vaga para terceiros. Se a equipe permanecer com a inscrição, Sebastian Saavedra é o favorito para ocupar o carro.

Confira a lista provisória para a centésima edição da Indy 500:

Piloto Equipe Motor
Helio Castroneves Penske Chevrolet
Will Power Penske Chevrolet
Juan Pablo Montoya Penske Chevrolet
Simon Pagenaud Penske Chevrolet
Scott Dixon Chip Ganassi Chevrolet
Tony Kanaan Chip Ganassi Chevrolet
Max Chilton Chip Ganassi Chevrolet
Charlie Kimball Chip Ganassi Chevrolet
Marco Andretti Andretti Honda
Ryan Hunter-Reay Andretti Honda
Carlos Munoz Andretti Honda
Alexander Rossi Andretti–Herta Honda
Townsend Bell Andretti Honda
Mikhail Aleshin Schmidt Peterson Honda
James Hinchcliffe Schmidt Peterson Honda
A ser anunciado Schmidt Peterson Honda
Conor Daly Dale Coyne Honda
Luca Filippi Dale Coyne Honda
Pippa Mann Dale Coyne Honda
Bryan Clauson Dale Coyne Honda
Sebastien Bourdais KVSH Racing Chevrolet
Matt Brabham KVSH Racing-Team Murray Chevrolet
Katherine Legge KVSH Racing-Grace Chevrolet
Ed Carpenter Ed Carpenter Chevrolet
Josef Newgarden Ed Carpenter Chevrolet
JR Hildebrand Ed Carpenter Chevrolet
Takuma Sato AJ Foyt Honda
Jack Hawksworth AJ Foyt Honda
Alex Tagliani AJ Foyt Honda
Sage Karam Dreyer & Reinbold/Kingdom Chevrolet
Buddy Lazier Lazier Partners Chevrolet
Spencer Pigot Rahal Letterman Lanigan Honda
Graham Rahal Rahal Letterman Lanigan Honda
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IndyCar
Evento Indy 500
Pista Indianapolis Motor Speedway
Tipo de artigo Últimas notícias