Indy muda pontos de classificação e cronograma da Indy 500

compartilhar
comentários
Indy muda pontos de classificação e cronograma da Indy 500
David Malsher
Por: David Malsher
24 de jan de 2018 09:06

A Indy anunciou uma vasta redução nos pontos de classificação para as 500 Milhas de Indianápolis, além de detalhar como será o cronograma da prova para 2018.

A intenção do presidente de competição e operações da categoria, Jay Frye, era “racionalizar o sistema”. E, apesar do pole position da Indy 500 ainda ganhar oito pontos a mais do que o pole em qualquer outro circuito, haverá uma grande redução na distribuição.

Nos anos recentes, o pole position em Indy ganhava 42 pontos, sendo que o segundo levava 40. A pontuação ia reduzindo de dois em dois até o 10º colocado, que recebia 24 pontos. O 11º recebia 23 pontos e, dali em diante, caía de um em um ponto até o 33º colocado no grid.

Para 2018, tudo mudou, já que apenas os participantes do Fast Nine receberão pontos – nove para o pole, caindo de um em um até o nono colocado receber um ponto.

Uma outra mudança foi feita na ordem de classificação para os ovais, o que antigamente era decidido por sorteio. Os pilotos de ponta da Indy vinham há muito tempo pedindo para que o sucesso fosse recompensado, já que aqueles que andavam por último geralmente possuíam vantagem.

Par 2018, a ordem de classificação para eventos em oval, tirando as 500 Milhas de Indianápolis, usará a ordem invertida da tabela de pontos, sendo que o piloto que estiver na liderança terá suas tentativas de classificação por último. Já um carro que não tiver pontos entrará primeiro na pista.

Caso haja mais de um carro sem pontos antes do evento, um sorteio determinará suas ordens. No caso de Indianápolis, a ordem de classificação continuará sendo determinada de forma aleatória, por sorteio.

Cronograma detalhado

Também houve mudanças na programação do mês de maio. Após o GP de Indianápolis, o traçado misto, no dia 12 de maio, a pista será fechada para o Dia das Mães, no domingo. As garagens estarão abertas na segunda-feira (14), mas não haverá atividade em pista até terça-feira (15).

As primeiras duas horas de teste naquele dia serão dedicadas à Rookie Orientation, destinada a novatos, além de sessão para veteranos. Então, a pista será aberta a todos os carros até o dia 18, quando será o Fast Friday, sendo que a classificação acontece entre os dias 19 e 20. A prova, enfim, terá sua largada no dia 27 de maio.

Próxima IndyCar matéria
Carlin fica animado após o primeiro teste na IndyCar

Previous article

Carlin fica animado após o primeiro teste na IndyCar

Next article

Leist aprova primeiro contato com carro da IndyCar de 2018

Leist aprova primeiro contato com carro da IndyCar de 2018
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria IndyCar
Autor David Malsher
Tipo de matéria Últimas notícias