Kanaan elogia Circuito das Américas após teste da Indy

compartilhar
comentários
Kanaan elogia Circuito das Américas após teste da Indy
David Malsher
Por: David Malsher
30 de out de 2018 20:50

Tanto o campeão de 2004 da Indy quanto presidente da equipe, Larry Foyt, disseram que estão satisfeitos em ver o circuito na programação da categoria

Tony Kanaan e Alexander Rossi, fizeram várias voltas para fornecer o feedback à Firestone, antes do treino oficial de primavera no mês de fevereiro na pista de Austin e da corrida inaugural da Indy em março.

Kanaan disse: “É uma pista divertida, uma mistura de Elkhart Lake, Laguna Seca e Sonoma.”

"Eu sempre assisti as corridas aqui. Vim para a primeira corrida de Fórmula 1 [em 2012], então estou muito feliz que estamos vindo para cá.”

“É muito desafiador. É o tipo de pista que tem curvas muito longas e rápidas, curvas lentas, curvas de velocidade média e é difícil montar um carro como você realmente quer. E muitas curvas de primeira marcha que dão a oportunidade de passar.”

"É uma grande responsabilidade entre Alex [Rossi] e eu fazermos os testes de pneus aqui e encontrarmos o pneu certo para quando voltarmos."

Larry Foyt, presidente da equipe, disse ao Motorsport.com: “É fantástico. Foi ótimo quando corremos em Houston também, mas ir para Austin é inteligente. É uma boa área de captação com Austin, San Antonio e Houston relativamente próximos.”

“Fui para a primeira corrida de Fórmula 1, mas não voltei desde então, e tenho que dizer que eles mantiveram toda a instalação em ótimo estado. É realmente excelente.”

“Então, para ter Austin e Dallas em nossa agenda agora, acho ótimo, não só para nós, mas também para a Indy.”

Foyt disse que o teste não foi muito útil para a equipe porque a necessidade de dados da Firestone exigiu que o time mantivesse o comportamento do carro razoavelmente consistente ao longo do dia, a fim de estabelecer uma linha de base.

"Com o teste de pneus, você está passando pelo programa da Firestone, e não pelo seu", observou. "Embora, a qualquer momento em que você esteja no caminho, você possa aprender alguma coisa.”

“Mas entendemos porque Tony dá um feedback muito bom sobre os pneus e, no final, ajuda a todos quando a categoria voltar no próximo ano. Esse foi o nosso foco.”

Kanaan e seu companheiro de equipe, Matheus Leist, terminaram apenas em 16º e 18º no campeonato na última temporada, com Kanaan conseguindo o melhor resultado da equipe - um sexto lugar em Toronto. Foyt disse que os resultados não eram totalmente inesperado.

"Acho que os circuitos mistos foram o nosso ponto fraco em 2018, mas sabíamos desde o primeiro teste em Barber que seria o caso", disse ele. "Nós simplesmente não tínhamos um ótimo pacote. Acho que no início do ano estávamos realmente bons, fortes em St. Pete, Phoenix e, obviamente, em Indianápolis. Acho que poderíamos ter terminado entre os três primeiros sem o furo no pneu.”

Next article
Rossi celebra primeira experiência com a Indy em Austin

Previous article

Rossi celebra primeira experiência com a Indy em Austin

Next article

Ericsson: Experiência na F1 aumenta expectativas na Indy

Ericsson: Experiência na F1 aumenta expectativas na Indy
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria IndyCar
Pilotos Tony Kanaan , Larry Foyt
Equipes A.J. Foyt Enterprises
Autor David Malsher
Tipo de matéria Últimas notícias