Kanaan: Foyt pode acabar com jejum de vitórias de cinco anos

compartilhar
comentários
Kanaan: Foyt pode acabar com jejum de vitórias de cinco anos
26 de mar de 2018 21:21

Tony Kanaan diz que ele pode lutar por vitórias na temporada 2018 da IndyCar para a AJ Foyt Racing e terminar jejum de vitórias de cinco anos da equipe

Tony Kanaan, A.J. Foyt Enterprises Chevrolet
Tony Kanaan, A.J. Foyt Enterprises Chevrolet
Tony Kanaan
Tony Kanaan, A.F. Foyt Enterprises Chevrolet
Matheus Leist, A.J. Foyt Enterprises Chevrolet, Tony Kanaan, A.J. Foyt Enterprises Chevrolet
Matheus Leist, A.J. Foyt Enterprises Chevrolet
Matheus Leist, A.J. Foyt Enterprises Chevrolet, Larry Foyt

A AJ Foyt venceu pela última vez uma corrida da IndyCar em 2013, quando Takuma Sato venceu em Long Beach e desde então trocou algumas vezes de pilotos e de funcionários.

Tony Kanaan se juntou à AJ Foyt após deixar a Chip Ganassi Racing depois de um período em que ele ganhou apenas uma corrida em sua primeira de quatro temporadas no time.

Para 2018, a Foyt optou por substituir sua linha completa de pilotos pelo segundo ano consecutivo, o que significa que Kanaan alinha agora com o novato Matheus Leist.

A equipe se mostrou competitiva na corrida de abertura da temporada em São Petersburgo, com Leist se classificando entre os seis primeiros. Para Kanaan, isso mostra que a AJ Foyt pode se avançar em 2018.

"Temos muito trabalho a fazer para tentar reconstruir a equipe com o A.J.", disse Kanaan. "Eles tiveram um ano difícil no ano passado e eu não tive um bom ano, então sentimos que deveríamos unir forças para tentar fazer algo bom acontecer”.

"Não estamos fingindo que vamos vir aqui e no primeiro ano, tentar ganhar o campeonato. Mas acho que podemos lutar por algumas vitórias e acho que o objetivo é estar entre os oito primeiros do campeonato neste primeiro ano e tentar construir algo para o próximo ano”.

“Tivemos uma boa qualificação em St. Pete, somos competitivos e as nossas expectativas são bastante realistas”.

“Estou empolgado com o novo carro, é emocionante de pilotar. Há muito menos pressão aerodinâmica, e o carro é muito mais rápido em linha reta”.

Próxima IndyCar matéria
Danica Patrick revela pintura de carro para Indy 500

Previous article

Danica Patrick revela pintura de carro para Indy 500

Next article

Andretti: F1 perdeu chance de adotar design puro como a Indy

Andretti: F1 perdeu chance de adotar design puro como a Indy

Sobre esta matéria

Categoria IndyCar
Pilotos Tony Kanaan
Equipes A.J. Foyt Enterprises
Tipo de matéria Últimas notícias