Kits aerodinâmicos da Indy serão definidos neste mês

Presidente de operações da categoria diz que mudanças no carro visam custos e competitividade

A temporada de 2018 da Indy vai marcar a introdução de um novo kit aerodinâmico universal, com apenas poucos pontos abertos para o desenvolvimento das equipes. Isso irá marcar o fim dos kits produzidos por fabricantes distintas.

Nas duas últimas temporadas vimos Pratt & Miller (Chevrolet) e HPD (Honda) produziram estes pacotes individualmente para os diferentes tipos de circuito, o que não permitiu aos carros uma competição tão próxima. Os times também sofreram com os custos, especialmente em reparos.

Presidente de operações da Indy, Jay Frye disse que o objetivo da Aerokit universal 2018 procura abordar estas questões.

"Como você sabe, temos trabalhado neste projeto desde abril", disse ao Motorsport.com.

"No início tivemos uma abordagem diferente, e então nós tivemos que redefini-la. Mas os nossos objetivos são que o projeto dê um aspecto novo ao carro de corrida para dar a ele características diferentes.“

"Esperamos ter boas notícias para o final do ano. Nosso objetivo é anunciar o design do kit e o construtor."

Quando perguntado se a IndyCar seria forçada a usar Dallara, dado o seu investimento em sua base de Indianapolis, Frye disse: "A Dallara tem sido um grande parceiro por um longo tempo e estará sempre em nosso meio no futuro."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IndyCar
Tipo de artigo Últimas notícias