Lenda AJ Foyt sobrevive a ataque de abelhas africanas

Multicampeão do automobilismo americano passou por susto enquanto trabalhava em seu rancho: “Parece que lutei com Mike Tyson e perdi”

Sete vezes campeão da Indy e primeiro piloto a vencer quatro vezes as 500 Milhas de Indianápolis, AJ Foyt sobreviveu a mais um ataque de abelhas africanas enquanto trabalhava em seu rancho no Texas.

Em comunicado, a assessora de imprensa da lenda americana, Anne Fornoro, revelou que seu patrão foi atendido em um hospital local e foi liberado assim que sua situação ficou estável.

Foyt, de 83 anos, teve um primeiro ataque em agosto de 2005, quando sofreu mais de 200 picadas somente em sua cabeça. Em ambos os casos, ele estava trabalhando em seu trator quando incomodou colmeias. O novo ataque foi mais severo e mais perigoso, já que ele foi sensibilizado para picadas de abelhas depois do primeiro episódio.

O recente ataque o obrigou a perder as 12 Horas de Sebring, neste fim de semana, quando seria formalmente introduzido ao Hall da Fama na sexta à noite e atuaria como comissário convidado no sábado. A última vitória de destaque de Foyt como piloto foi justamente nas 12 Horas de Sebring de 1985, sendo que o carro que ele utilizou na vitória ao lado de Bob Wollek estará no evento de 2018.

“Lamento muito por não estar lá, porque eu estava realmente ansioso para este fim de semana”, disse Foyt, que deve se recuperar totalmente do susto. “Eu estava trabalhando em meu rancho e fui atacado por abelhas assassinas. Parece que tive uma luta com Mike Tyson e perdi.”

“Agora, estou tomando tantos remédios que não me sinto tão bem, então vou aceitar a recomendação dos médicos e descansar pelos próximos dias.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IndyCar , IMSA
Pilotos A.J. Foyt
Equipes A.J. Foyt Enterprises
Tipo de artigo Últimas notícias