McLaren cogita entrada na Indy em 2019, diz CEO da categoria

Mark Miles revela planos da equipe em voltar a competir nas próximas 500 Milhas de Indianápolis e entrar de vez no certame no ano seguinte

O diretor executivo da Indy, Mark Miles, revelou que a McLaren cogita a possibilidade de entrar na categoria em tempo integral a partir da temporada de 2019.

O time voltou a competir nos Estados Unidos em 2017, com a inscrição de Fernando Alonso nas 500 Milhas de Indianápolis em parceria técnica com a Andretti Autosport.

Segundo Miles, o plano é considerado novamente para o ano que vem, para que, na temporada segunte, o envolvimento da McLaren com a Indy fique ainda maior.

“Sabemos que há opções para a McLaren voltar às 500 Milhas de Indianápolis no ano que vem com a Andretti Autosport. E a McLaren ainda está interessada em se tornar uma equipe na IndyCar em tempo integral – provavelmente não em 2018, mas talvez em 2019”, disse o dirigente ao jornal espanhol El Mundo Deportivo.

No retorno da McLaren à Indy, Alonso se classificou em quinto no grid da prova em Indianápolis, liderou por 27 voltas, mas abandonou com uma quebra de motor. 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IndyCar
Equipes McLaren
Tipo de artigo Últimas notícias