Mears diz que Castroneves é capaz de vencer Indy 500 em 2018

Lenda da Indy, tetracampeão da prova, diz que brasileiro “ainda está com sua chama acesa” para ser competitivo na prova no ano que vem

Lenda da Indy, Rick Mears acredita que Hélio Castroneves ainda assim poderá se juntar a ele, AJ Foyt e Al Unser Jr no grupo de quatro vezes vencedores das 500 Milhas de Indianápolis porque “sua chama ainda está acesa”.

Mears foi campeão das 500 Milhas em 1979, 1984, 1988 e 1991, mas anunciou sua aposentadoria ao fim de 1992. Ele sempre disse que não se arrepende por não ter competido na prova de forma isolada, já que a redução em sua motivação o impediria de chegar à quinta vitória.

No entanto, Mears, que se manteve como consultor da Penske desde sua aposentadoria, acredita que motivação não seria problema para Castroneves, que se dedicará à IMSA em 2018.

“Hélio pode ganhar as 500 Milhas de Indianápolis mesmo como um part-timer, porque, para ele, a chama ainda está acesa e ele ainda está lá. Para mim, o desejo estava começando a ir embora”, disse Mears ao Motorsport.com.

“Se eu quisesse participar da prova em 1993, teria sido OK, porque eu ainda estava atualizado com os carros, eu ainda era relevante. Mas um ano depois daquilo? Não. Eu já estaria afastado por mais um ano e, quanto mais afastado você fica, mais você perde.”

“Mas, com Hélio, ele ainda continuará pilotando um outro carro rápido o ano inteiro – não tão rápido quanto um Indy, mas ainda rápido – e isso irá ajudá-lo a se manter em forma, com sua cabeça ainda no modo de corrida.”

Mears, que completará 66 anos no domingo, espera poder continuar como spotter para Castroneves na Indy no próximo mês de maio, mas afirmou que ainda não discutiu com Roger Penske qual será seu papel dentro da equipe.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IndyCar
Pilotos Helio Castroneves , Rick Mears
Equipes Team Penske
Tipo de artigo Últimas notícias