Na briga pela taça, Castroneves é pole; Kimball sofre acidente

Brasileiro lidera trifeta da equipe de Roger Penske e dá passo importante para obter bom resultado no trioval; Montoya, líder do campeonato, larga apenas em 19º

Em uma tarde dominada pela Penske, Helio Castroneves conquistou a pole position para as 500 Milhas de Pocono, penúltima prova da temporada 2015 da Indy. O brasileiro, quarto colocado na tabela de pontos e um dos candidatos ao título, superou Simon Pagenaud e Will Power para liderar o 1-2-3 do time comandado por Roger Penske no trioval norte-americano.

Dos postulantes à taça, o mais próximo do brasileiro no grid é Graham Rahal, vice-líder da temporada, que larga em quinto. Scott Dixon, terceiro na tabela, larga em 11º, logo à frente de Tony Kanaan. Nenhum deles, entretanto, teve uma tarde tão ruim quanto a do líder do campeonato, Juan Pablo Montoya. Sem a mesma velocidade dos companheiros de equipe, o colombiano parte apenas em 19º.

O treino

Ed Carpenter foi o primeiro a entrar na pista e ficou com a média de 216.315 mph, foi facilmente batida por Power, que registrou 220.398 mph nas duas voltas lançadas. Após oito carros terem entrado na pista, a marca do australiano seguia imbatível. O mais próximo de Power era Josef Newgarden, com 220.141 mph.

Para destronar Power foi necessário outro carro da Penske entrar no trioval. Simon Pagenaud, 12 º a fazer as voltas de classificação, ficou com a média de 220.485 mph e roubou a ponta do atual campeão da categoria. Na sequência, Charlie Kimball entrou na pista e, no final da primeira volta, escapou de traseira e bateu forte no muro da curva 3. Nada aconteceu com o piloto, apesar de o #83 ter ficado significativamente danificado.

 

 

Com a batida do piloto da Ganassi, a classificação teve que ser interrompida por mais de uma hora para que o alambrado – danificado no acidente – passasse por reparos. A esta altura, 12 carros haviam registrado voltas rápidas e a ordem era a seguinte: Pagenaud, Power, Newgarden, Takuma Sato, Sebastien Bourdais, James Jakes, Gabby Chaves, Pippa Mann, Ryan Briscoe, Sage Karam, Carpenter e Marco Andretti.

Carlos Muñoz reiniciou as ações em Pocono e fez a quarta melhor marca. Em seguida, foi a vez de Juan Pablo Montoya, o líder do campeonato. A média dele, no entanto, não foi nada boa: 217.194 mph, que o dava a 12ª posição naquele momento. O primeiro brasileiro a acelerar no trioval foi Tony Kanaan, que no combinado das duas voltas lançadas registrou 218.816 mph, oitavo entre os 17 carros que haviam registrado as respectivas médias até então.

O vigésimo carro a entrar na pista foi Helio Castroneves. E para tirar um piloto da Penske da liderança, somente outro representante do time. Muito veloz, o brasileiro bateu a marca de Pagenaud, registrando 220.530 mph – média com a qual ele garantiu a pole position. Graham Rahal tentou, Scott Dixon tentou, mas nenhum deles foi capaz de bater a marca de Castroneves, que conquistou a quarta pole da temporada.

O 1-2-3 da Penske foi completado por Pagenaud e Power. Newgarden foi o quarto e Rahal o quinto. Muñoz, Justin Wilson, Ryan Hunter-Reay, Sato e Bourdais completaram o Top-10.

As 500 Milhas de Pocono estão marcadas para as 15h30 (de Brasília) deste domingo.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IndyCar
Evento Pocono
Sub-evento Sábado - classificação
Pista Pocono Raceway
Pilotos Juan Pablo Montoya
Tipo de artigo Relato de classificação