"Não perdemos", defende Helinho após vice na F-Indy

Brasileiro destacou boa performance durante toda a temporada e apontou o final de semana de Houston como decisivo

Depois de ficar com o vice-campeonato na Fórmula Indy, Helio Castroneves preferiu valorizar a boa campanha desta temporada e disse que não se considera um perdedor por ter sido superado por Scott Dixon em uma bela virada nas etapas finais do campeonato.

“Infelizmente, um leve toque [com Charlie Kimball] acabou nos prejudicando. Fizemos tudo o que podíamos para vencer, e é importante explicar que nós não perdemos. Lutamos bravamente e terminamos na segunda posição”, destacou.

“Foi outro top 10 – algo que aconteceu com frequência neste ano. Infelizmente o final de semana em Houston nos colocou em uma posição ruim e nos custou o título, mas Scott e a Ganassi fizeram um ótimo trabalho. Foi uma corrida emocionante, eu dei o meu melhor.”

O brasileiro já está pensando em tentar novamente o primeiro título ano que vem e agradeceu o apoio da equipe. “Evidentemente, eu estou chateado, mas agora é deixar o que aconteceu para trás e pensar em 2014. O lado bom de um novo ano é que teremos mais uma chance de brigar pelo título. Fizemos um ótimo trabalho, tenho muito orgulho da Penske. Sinto-me honrado por fazer parte deste time e quero agradecer a todos os membros e a Roger [Penske]. Não estaríamos onde estamos de maneira alguma se não fosse por eles”, destacou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IndyCar
Tipo de artigo Últimas notícias