Nelsinho espera que teste “abra portas” na Penske

compartilhar
comentários
Nelsinho espera que teste “abra portas” na Penske
Charles Bradley
Por: Charles Bradley
Traduzido por: Gabriel Carvalho
3 de ago de 2015 17:03

Atual campeão da F-E testará carro da equipe na próxima semana e espera que o teste seja um facilitador para uma possível entrada em uma das maiores equipes de corrida dos Estados Unidos

Poleposition Nelson Piquet Jr., Carlin
Campeão Nelson Piquet Jr., China Racing

Nelsinho Piquet vai testar um Dallara-Chevrolet da Penske na próxima quinta-feira, no circuito de Sonoma. Como o brasileiro disputou a etapa de Toronto da Indy Lights, tornou-se um dos pilotos elegíveis para o teste – permitido às equipes da Indy dias de teste extras se elas utilizarem pilotos da Lights na maior parte do tempo.

O teste é visto como fundamental para a equipe, pois será realizado poucas semanas antes da etapa final da temporada 2015 – com pontuação dobrada – que acontece no dia 30 de agosto, no mesmo circuito. O campeonato é liderado pelo colombiano Juan Pablo Montoya, que tem agora apenas nove pontos à frente de Graham Rahal.

"Sempre quis abrir uma porta na Penske, pois é uma equipe de alto nível, envolvida nos mais diversos tipos de corrida: NASCAR, Indy e V8 Supercars. Eles estão envolvidos em várias coisas e eu sou o tipo de piloto que se adapta a qualquer carro, a qualquer momento, e andar rápido. Seria ótimo fazer parte de uma equipe como essa”, disse Piquet ao Motorsport.com.

"(O carro da) Indy é algo que eu sempre quis testar e saber como é. É a primeira vez que tenho essa oportunidade, então sou grato a eles por isso. Espero que (o teste) abra portas e que eu conheça novas pessoas. É sempre bom fazer parte de algo assim e estou ansioso para fazer um bom trabalho”, pontuou.

A semana de Piquet está cheia de compromissos: dois dias de testes na F-E na segunda e na terça-feira, na Europa. Depois, ele voa para a Califórnia para o teste da Indy e, por fim, atravessa o país de costa a costa para disputar a sétima etapa do RallyCross global, em Washington.

"Provavelmente sentirei um pouco os efeitos do fuso horário. Mas certamente isso é emocionante, espero que o meu trabalho seja de grande ajuda para a Penske", concluiu o brasileiro.

Próxima IndyCar matéria
Rahal vence em Mid-Ohio e esquenta briga pelo título da Indy

Previous article

Rahal vence em Mid-Ohio e esquenta briga pelo título da Indy

Next article

Indy anuncia retorno de Road America ao calendário em 2016

Indy anuncia retorno de Road America ao calendário em 2016
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria IndyCar
Pilotos Nelson Piquet Jr.
Equipes Team Penske
Autor Charles Bradley
Tipo de matéria Últimas notícias