Para Vasser, Kanaan é o piloto mais resistente do grid da Indy

Campeão da CART em 1996 vê Tony como 'Homem de Ferro'. Brasileiro fará sua 200ª largada seguida em São Paulo

Kanaan e Vasser

Tony Kanaan vai fazer sua corrida seguida de número 200 na Indy neste fim de semana. O piloto brasileiro estreou ainda na CART pela antiga equipe Tasman em 1998, passando à Indy com a equipe Andretti em 2003. De lá para cá, o brasileiro teve um título em 2004, uma pole e um segundo lugar na Indy 500 como melhores momentos.

Ainda neste ano, Tony deverá passar Vasser como o piloto com o maior número de largadas seguidas na Indy. Jimmy tem 211 e Tony, se não se machucar e não perder nenhuma prova, poderá superar o chefe na corrida de Baltimore, no início de setembro.

"Você vai ter os seus deslizes e sofrer alguns acidentes, mas acho que Tony é um dos pilotos mais respeitados. Os outros pilotos olham para ele e sabem que podem se envolver em uma disputa acirrada e confiar", diz o norte-americano.

"Os recordes estão aí para serem quebrados. Combina mais com Tony ser o ‘Homem de Ferro’ do que com Jimmy Vasser", completou o piloto que correu de 1992 a 2008.

O ex-piloto da Chip Ganassi é sócio de Kevin Kalkhoven na equipe KV, onde correm Kanaan e a suíça Simona de Silvestro.

Mesmo sofrendo um acidente enquanto disputava a quinta posição no fim da última corrida em Long Beach com o espanhol Oriol Servià, machucando a mão, Kanaan confirmou participação na SP Indy 300.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IndyCar
Tipo de artigo Últimas notícias