Pietro Fittipaldi comemora teste surpresa pela Indy

Brasileiro pilotou carro da Dale Coyne durante atividades em Sebring e destaca impressões sobre o novo carro: "World Series misturado com um F3"

Ainda sem definir seus planos para a temporada de 2018, Pietro Fittipaldi realizou um teste surpresa na Indy, pela equipe Dale Coyne, durante as atividades da categoria americana em Sebring, na Flórida.

O único piloto confirmado da equipe para 2018, Sebastien Bourdais, precisou se ausentar devido às sessões classificatórias para as 24 Horas de Daytona. Assim, Pietro entrou em última hora nas atividades, o que considerou uma surpresa positiva.

“A oportunidade meio que veio como uma surpresa”, disse o brasileiro, em entrevista ao site oficial da Indy. “Eu vim para assistir ao teste e tivemos a chance de guiar o carro. Fiquei realmente feliz.”

“[Dale Coyne] trouxe alguns bancos. Nós não tínhamos os meus bancos. Não havia tempo. Então, nos ajustamos no carro – volante, pedal, tudo estava bem. Então, andamos pela manhã e eu realmente adorei o carro. Havia tanta aderência nas frenagens, com os freios de carbono”, observou.

“É meio parecido com o carro da World Series que eu estava guiando [em 2017], mas este, claro, tem mais potência. É um pouco estranho: é um World Series misturado com um F3, porque você consegue carregar muita velocidade nas curvas. Então, eu gostei.”

Apesar de não especificar quais serão suas atividades em 2018, Fittipaldi destacou que a Indy está em seus planos para algum momento de sua carreira. “Estamos testando o carro, mas, claro, meu sonho é em estar na Indy, na F1. É o meu sonho desde que eu era pequeno”, comentou.

“Seria incrível. Já assisti a várias edições das 500 Milhas de Indianápolis. Uma corrida incrível. Se eu puder ter a oportunidade de correr na Indy, na F1, seria um sonho. E hoje eu realizei um dos meus sonhos”, completou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IndyCar
Pilotos Pietro Fittipaldi
Tipo de artigo Últimas notícias