Por críticas e empurrão, Will Power é punido pela Indy

compartilhar
comentários
Por críticas e empurrão, Will Power é punido pela Indy
Nick DeGroot
Por: Nick DeGroot
Traduzido por: Erick Gabriel
1 de jul de 2015 20:36

Quatro pilotos e três equipes estão no pacote de punições da Indy, após a prova da Califórnia

Helio Castroneves, Team Penske Chevrolet e Juan Pablo Montoya, Team Penske Chevrolet
Josef Newgarden, CFH Racing Chevrolet
Vencedor Graham Rahal, Rahal Letterman Lanigan Racing
Takuma Sato, A.J. Foyt Enterprises Honda e Will Power, Team Penske Chevrolet crash
Juan Pablo Montoya, Team Penske Chevrolet

A Indy anunciou hoje a relação de pilotos e equipes penalizados após a etapa de Fontana, na Califórnia, que aconteceu no sábado. Entre eles estão Graham Rahal, Will Power, Tristan Vautier e Juan Pablo Montoya.

Will Power - Críticas

Por fazer críticas à categoria, quando falou sobre a insegurança do novo pacote aerodinâmico e o fato dos pilotos andarem muito juntos, além de ter empurrado um dos membros da equipe médica, Will Power foi multado em 25 mil dólares e colocado em observação até o fim da temporada, mesmo tendo pedido desculpas após a prova.

Graham Rahal - Problemas no reabastecimento

O vencedor da prova foi multado em 10 mil dólares por deixar o pit stop com a mangueira de reabastecimento conectada em seu carro. O mecânico que fez o serviço, Phil Davi, também foi punido, sendo colocado em observação por três corridas. Lembrando que Davi chegou a tirar a mangueira do carro, mas acabou recolocando o equipamento antes de Rahal sair.

Tristan Vautier - Acertou um dos membros da equipe

Pela terceira vez neste ano, um membro (ou membros) da equipe de Dale Coyne foram atingidos por um de seus pilotos. Vautier foi multado em 10 mil dólares e também colocado em observação para o restante da temporada por ter acertado um dos responsáveis pela troca de pneus, Owen Trower.

Juan Pablo Montoya - Passando por cima de equipamento

O colombiano Juan Pablo Montoya foi multado em 1.500 dólares por ter passado por cima de uma mangueira de ar durante um pit stop. O piloto da Penske não foi colocado em observação.

Sanções das equipes

A Schmidt Peterson Motorsports, Andretti Autosport e CFH Racing foram multadas em 500 dólares cada uma por problemas com as porcas soltas dos carros durante os pit stops. A CFH Racing recebeu outra punição de 500 dólares pelo não manuseio correto dos pneus na área de pits.

Próxima IndyCar matéria
É aceitável aumentar o risco dos pilotos para incrementar a audiência?

Previous article

É aceitável aumentar o risco dos pilotos para incrementar a audiência?

Next article

Temporada 2016 da Indy será maior e com o possível retorno de Road America

Temporada 2016 da Indy será maior e com o possível retorno de Road America
Load comments