Power domina corrida em São Petersburgo; Castroneves é o 3º

compartilhar
comentários
Power domina corrida em São Petersburgo; Castroneves é o 3º
Por: Gabriel Lima
30 de mar de 2014 18:45

Australiano supera Sato no início da corrida e mantém primeiro lugar em prova de abertura pouco movimentada

Vencendo a terceira corrida seguida na Indy, Will Power deu à Penske neste domingo em São Petersburgo o triunfo de número 170 na Indy. O piloto superou o japonês Takuma Sato, pole position, ainda no início da corrida, e não teve mais seu primeiro lugar seriamente ameaçado durante as 110 da primeira corrida da temporada.

Passando Hélio Castroneves na última relargada, e até tentando superar Power no fim da corrida, Ryan Hunter-Reay começou 2014 em segundo lugar. Mesmo mostrando que a Andretti, estreando com os motores Honda, tinha um bom carro para lutar pela vitória, o campeão de 2012 não foi páreo para Power.

Castroneves fechou o pódio, na pista onde foi o segundo em 2013. O campeão da temporada passada, Scott Dixon, ficou em um sólido quarto lugar, vencendo duelo com o francês Simon Pagenaud e o brasileiro Tony Kanaan, que largou em segundo mas desde o início não demonstrou ter velocidade para lutar pela vitória. Pole position, Sato começou 2014 com um sétimo lugar.

Wilson, Newgarden e Briscoe fecharam o Top 10. Em corrida difícil, o colombiano Juan Pablo Montoya largou em 18º e chegou na 15ª posição.

Até primeira janela de pits, pouco houve na prova deste domingo. Sato manteve a ponta, com Hunter-Reay, que passou Kanaan, em segundo. O brasileiro, estreando pela Chip Ganassi, não começou bem a prova. Depois de ser ultrapassado pelo campeão de 2012, foi vencido por Will Power e Hélio Castroneves antes da primeira parada nos pits.

Após a primeira rodada de pit stops, os seis primeiros eram Sato, que era atacado por Power, seguido por Castroneves, Hunter-Reay, Wilson e Kanaan. Reestreando na categoria, Juan Pablo Montoya era o décimo depois de ter saído de 18º.

A liderança de Sato durou até a volta 30, quando Power o passou por fora na curva 1, confirmando a manobra com a preferência na curva 2. Voltas depois foi a vez de Montoya perder ritmo, sendo ultrapassado por vários pilotos. O colombiano da Penske teve de ir aos pits e voltou em último. Sem abandonos até a metade da prova, Castroneves e Hunter-Reay ganharam a posição de Sato, que caiu para quinto. Quarto na ocasião, Conway foi para cima Hunter-Reay e tomou o terceiro lugar do americano.

Na volta 70 Will Power ainda liderava, com Castroneves a 4.7s o australiano. O piloto diminuía sistematicamente a diferença, que chegara a ser de 12 segundos. Conway em terceiro era seguido de Hunter-Reay, Sato, Dixon e Tony Kanaan em sétimo lugar.

Na volta 75 veio a primeira bandeira amarela. O norte-americano Charlie Kimball errou na entrada da curva 1 e bateu. Mesmo dando ré, o piloto deixou seu carro apagar. Na terceira janela de pits, Power voltou na frente, seguido de Castroneves, Hunter-Reay, Dixon, Conway, Kanaan e Sato em sétimo.

Na relargada, Will Power segurou o grid por tempo demais reduzindo a velocidade, o que fez com que o estreante Jack Hawksworth rodasse e jogasse Marco Andretti no muro. Com nova bandeira amarela, Marco abandonou. Jack voltou aos boxes, e Castroneves perdeu a segunda posição para Hunter-Reay em seguida.

O norte-americano foi para cima do australiano Power, mas nas 20 voltas finais não conseguiu manter seu ritmo no mesmo nível de Will, que venceu pela segunda vez o GP nas ruas de São Petersburgo e pela terceira vez seguida na categoria.

Confira o resultado:
1. #12 Will Power (Chevrolet) 110 voltas
2. #28 Ryan Hunter-Reay (Honda) a 1.9475s
3. #3 Helio Castroneves (Chevrolet) a 7.8716s
4. #9 Scott Dixon (Chevrolet) a 15.9685s
5. #77 Simon Pagenaud (Honda) a 17.3937s
6. #10 Tony Kanaan (Chevrolet) a 20.8561s
7. #14 Takuma Sato (Honda) a 20.8561s
8. #19 Justin Wilson (Honda) a 21.0622s
9. #67 Josef Newgarden (Honda) a 21.5544s
10. #8 Ryan Briscoe (Chevrolet) a 23.9897s
11. #17 Sebastian Saavedra (Chevrolet) a 34.4041s
12. #7 Mikhail Aleshin (Honda) a 34.9969s
13. #11 Sebastien Bourdais (Chevrolet) a 35.3526s
14. #15 Graham Rahal (Honda) a 38.9881s
15. #2 Juan Pablo Montoya (Chevrolet) a 40.3350s
16. #20 Mike Conway (Chevrolet) a 40.9140s
17. #34 Carlos Munoz (Honda) a 44.6244s
18. #18 Carlos Huertas (Honda) a 47.5637s
19. #27 James Hinchcliffe (Honda) a 1 volta
20. #83 Charlie Kimball (Chevrolet) a 2 voltas

Abandonaram
#98 Jack Hawksworth (Honda) a 27 voltas
#25 Marco Andretti (Honda) a 28 voltas
Próxima IndyCar matéria
Estreando pela Ganassi, Tony é segundo em St. Petersburg; Sato é o pole

Previous article

Estreando pela Ganassi, Tony é segundo em St. Petersburg; Sato é o pole

Next article

No Top 6, brasileiros exaltam abertura em São Petersburgo

No Top 6, brasileiros exaltam abertura em São Petersburgo
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria IndyCar
Autor Gabriel Lima
Tipo de matéria Últimas notícias