Power pode voltar a correr na próxima semana

Piloto que teve que se ausentar na abertura da temporada está pronto para voltar às ações em pista na próxima terça-feira

Nesta quarta-feira (16) o campeão da Indy de 2014, Will Power, teve a confirmação de que não sofreu concussão após o acidente nos treinos de sexta-feira em St. Petersburg. O piloto passou mal e teve que perder a prova realizada no domingo. 

Em teleconferência de imprensa que estiveram presentes o presidente da Penske, Tim Cindric, os médicos Terry Trammell e Steve Olvey, além do próprio Power, foi anunciado que ele poderá voltar a guiar um carro da categoria já na próxima semana.

"Não tenho dores de cabeça ou náuseas, agora," disse Power, que acrescentou que realizará um teste na próxima terça-feira para compensar a falta de tempo no carro. 

Power disse também que não está preocupado com os efeitos da força G que terá que enfrentar em Phoenix, no dia 2 de abril.

Cindric disse que os problemas no ouvido já foram apresentados antes da temporada: "este problema no ouvido interno não é uma coisa nova, é por isso que para nós não era tão alarmante que ele não se sentisse bem durante o fim de semana, com a chegada das náuseas".

Power disse que a diferença de 50 pontos contra o companheiro de equipe Juan Pablo Montoya, vencedor da primeira corrida no último domingo, é uma situação preocupante, mas não desiste da briga.

"Temos a possibilidade de marcar o dobro de pontos em algumas corridas (Indy 500 e o final da temporada em Sonoma). A pontuação dobrada pode mudar as coisas."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IndyCar
Pilotos Will Power
Equipes Team Penske
Tipo de artigo Últimas notícias
Tags cindric, concussion, olvey, trammell