Rosenqvist é confirmado como piloto da Ganassi em 2019

compartilhar
comentários
Rosenqvist é confirmado como piloto da Ganassi em 2019
David Malsher
Por: David Malsher
28 de set de 2018 16:54

Piloto sueco substituirá Ed Jones no carro #10 da Chip Ganassi Racing e será companheiro de Scott Dixon

Felix Rosenqvist, que testou para a Chip Ganassi em Mid-Ohio, impressionou o pentacampeão Scott Dixon, seu engenheiro de corrida Chris Simmons, e o diretor Mike Hull com seu ritmo imediato e feedback preciso nos testes e foi confirmado nesta sexta-feira como o mais novo piloto da Indy em tempo integral.

Embora houvesse preocupações de que ele não estivesse disponível para a temporada completa, devido a possíveis compromissos com a Mahindra na Formula E, há datas conflitantes entre as duas categorias no próximo ano, o empresário de Rosenqvist, Stefan Johansson, confirmou ao Motorsport.com que seu cliente vai competir em todas as 17 etapas da Indy.

“Felix se familiarizou com a nossa equipe e trabalhou em nosso sistema um pouco depois de nos testar em algumas ocasiões”, disse Ganassi. “Nossos grupos de gerenciamento e engenharia, juntamente com toda a equipe, ficaram impressionados com sua capacidade. Chegou a hora de colocá-lo no carro #10 e acho que falo por muitas pessoas quando digo que estamos confiantes sobre o que ele pode fazer na próxima temporada.”

“Além disso, estamos extremamente orgulhosos em anunciar que a NTT DATA renovou conosco como parte de um acordo de vários anos. Eles têm sido um parceiro fantástico da equipe e grandes defensores do esporte.”

Rosenqvist, que venceu três corridas da Indy Lights em 2016 em uma campanha de meio período com a Belardi Auto Racing, declarou: “Dizer que estou feliz ou empolgado por estar dando esse passo em minha carreira seria um eufemismo. Chegar à Indy e guiar para Chip é apenas um sonho se tornando realidade. Eu acompanhei a equipe desde que me lembro, e é o tipo de time e proprietário que qualquer piloto gostaria de correr.”

“Scott [Dixon] teve outra grande temporada, com três vitórias e o quinto título, então você absolutamente não poderia pedir mais nada em um companheiro de equipe. Mal posso esperar para começar a contribuir para a equipe e passar mais tempo com todos.”

Próxima IndyCar matéria
Kanaan: Temporada 2018 foi a pior da minha carreira na Indy

Previous article

Kanaan: Temporada 2018 foi a pior da minha carreira na Indy

Next article

Ericsson: Indy é uma "meta realista" junto com F1

Ericsson: Indy é uma "meta realista" junto com F1
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria IndyCar
Pilotos Felix Rosenqvist
Equipes Chip Ganassi Racing
Autor David Malsher
Tipo de matéria Últimas notícias