Servia: "Espero que Wilson esteja orgulhoso do que fizemos"

Recrutado para substituir Justin Wilson após morte do inglês, espanhol afirmou que quis honrar a memória piloto

Menos de uma semana após a tragédia que vitimou Justin Wilson, Oriol Servia guiou o carro #25 que pertencia ao piloto.

"Eu realmente acredito que poderíamos chegar ao Top 5 hoje. Espero que ele esteja orgulhoso do que fizemos", disse Servia. "O mais importante é que nos divertimos muito. Eu sei que ele gostaria que eu me divertisse dirigindo esses carros, assim como ele."

"Eu estava brigando com Briscoe, que terminou em quinto, mas a última bandeira amarela complicou nossa estratégia e fomos para trás."

Servia terminou em 12°, mas chegou a ocupar a terceira posição quando estava com estratégia alternativa.

"Tivemos um grande fim de semana, desde o início na sexta-feira, mesmo tentando solucionar alguns problemas. Ontem fizemos algumas melhorias e hoje estávamos bem a cada volta e a lembrança de como dirigir essas máquinas voltando."

"Não há nada que pode nos ajudar a preencher o vazio que Justin nos deixou. Mas espero que todos nós nos lembremos dele e que isso nos inspire a ser melhores seres humanos, assim como ele era."

Hunter-Reay também prestou homenagem

Segundo lugar em Sonoma, Ryan Hunter-Reay também prestou homenagem ao seu ex-companheiro.

"Hoje quero enfatizar que estamos lembrando Justin", disse ele. "Estamos seguindo em frente por ele, ele é parte do que fazemos e ele me inspirou."

"Vou tomar seus princípios, aprender - mesmo com o curto espaço de tempo que ele foi meu companheiro de equipe - e aplicá-lo o tempo todo", finalizou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias IndyCar
Evento Sonoma
Pista Sonoma Raceway
Pilotos Justin Wilson , Oriol Servia
Equipes Andretti Autosport
Tipo de artigo Últimas notícias