Um dia na intimidade do clã Fittipaldi

compartilhar
comentários
Um dia na intimidade do clã Fittipaldi
Charles Bradley
Por: Charles Bradley
Traduzido por: Erick Gabriel
7 de jul de 2015 16:42

Editor-chefe do Motorsport.com, Charles Bradley, conheceu o mais novo integrante da família Fittipaldi que se interessa pela velocidade. Com vocês, Emmo.

Charles Bradley, editor do Motorsport.com
Emerson Fittipaldi Jr. no Homestead Miami Speedway
Emerson Fittipaldi Jr. no Homestead Miami Speedway
Emerson Fittipaldi Jr. no Homestead Miami Speedway
Emerson Fittipaldi Jr. no Homestead Miami Speedway

O 4 de julho é uma das datas mais importantes dos Estados Unidos. Enquanto a maioria das pessoas está festejando com os amigos, eu também estou tendo divertimento no kartódromo de Homestead-Miami, vendo talvez o nascimento de mais uma geração talentosa.

Vejo Emerson Fittipaldi fazendo uma grande volta. Sim, você ouviu certo, Emerson Fittipaldi e ele também responde pelo nome de Emmo. "Este é o pequeno Emmo", diz Emerson, que está ali para encorajar o garoto do lado de fora das pistas. 

Emerson é uma das mais belas lendas do automobilismo que você pode conhecer, junto com Jackie Stewart e Stirling Moss. E, como era de se esperar, ele é muito diferente da figura clássica do "pai de piloto".

É o oposto do pai agressivo. Além disso, confia no treinador, Rudy Ramsaroop. Mesmo nesse dia quente da Flórida, Emerson (pai) está feliz, debaixo de uma árvore e faz o sinal de "jóia" a cada vez que o pequeno Emmo passa.

Após uma passagem pelos boxes, para uma conversa e sábios conselhos, o pai de Emmo afirma, orgulhoso: "Ele não precisa de muito. Tem um estilo de condução muito bom, impressionante."

Fica ainda mais orgulhoso e abre um belo sorriso quando digo que o menino tem um estilo parecido com o de Mika Hakkinen. "Ele é muito bom, sim."

Os Fittipaldis foram recentemente acompanhar a etapa final da Fórmula E, em Londres. Emerson ficou encantado com o título de Nelsinho Piquet e ostenta um chapéu da China Racing no momento da conversa. Apesar do voo longo até Miami, o pequeno Emmo tinha apenas uma coisa em mente: "A todo o momento no avião ele me dizia que queria andar de kart. Quando descemos, eu perguntei 'Você tem certeza?' Ele disse 'sim'. Então viemos para a pista e ele está empenhado, tudo o que ele quer é guiar."

O treinador Ramsaroop está impressionado com a capacidade que o pequeno Emmo mostrou: "O que eu realmente gostei é da capacidade dele de reter informação", disse. "Daí ele coloca em prática e você começa a perceber que ele terá um futuro brilhante."

Fazer as coisas da maneira certa

Esse tipo de treinamento, sem muita pressão sobre os ombros do garoto, é absolutamente vital, segundo Emerson.

"Na minha opinião, um pai sempre tem que ter um profissional para ajudar a criança da maneira correta", diz. "Se você começa de maneira correta, seu alicerce para o futuro é correto também."

"A emoção de um pai pode atrapalhar a criança. Prefiro estar um pouco mais afastado, mesmo com a minha experiência e apenas oferecer alguns pequenos conselhos."

 

Próxima Kart matéria
Sérgio Jimenez conta como é conciliar a vida de piloto e promotor de evento

Previous article

Sérgio Jimenez conta como é conciliar a vida de piloto e promotor de evento

Next article

Limeira recebe 500 Milhas de Kart de 2015

Limeira recebe 500 Milhas de Kart de 2015
Load comments