Após operação inovadora, Nakajima recebe aval dos médicos para Le Mans

Piloto japonês havia fraturado vértebras em um acidente durante os treinos para as 6 Horas de Spa-Francorchamps.

O japonês Kazuki Nakajima recebeu sinal verde dos médicos para correr as 24 Horas de Le Mans, prova que terá sua edição deste ano realizada nos dias 13 e 14 de junho. Pole para a corrida do ano passado, Nakajima tinha muita confiança de que poderia estar apto para a competir como declarado em entrevista ao Motorsport.com. O piloto passou por uma operação na França.

Kazuki sofreu um forte acidente no final da reta Kemmel em Spa durante o primeiro dia de treinos livres da corrida. Sob chuva torrencial, o piloto vinha em volta rápida e não viu o Audi 8 de Oliver Jarvis que se movimentava lentamente no fim da reta.

Delegados médicos da FIA e da ACO (Automobile Club l'Ouest, entidade que controla o autódromo de Le Mans) consideraram o ex-piloto da Williams na F1 ok para correr depois de ter sofrido vértebras fraturadas em Spa há um mês.

"Eu falo por toda a equipe ao dizer o quanto estamos felizes que Kazuki se recuperou e vai poder correr com a gente no Le Mans", disse o presidente da Toyota Racing, Toshio Sato. "Isso mostra sua determinação e espírito."

Nakajima foi ajudado por uma operação inovadora em Nice, na França, na semana após o acidente. Os médicos fundiram as vértebras que haviam rachado.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Le Mans
Pilotos Kazuki Nakajima
Equipes Toyota Racing
Tipo de artigo Últimas notícias