Corvette #63 se retira de Le Mans

Jan Magnussen bateu forte nas curvas Porsche no segundo treino de classificação.

O Corvette C7R número #63, que bateu na segunda sessão de treinos classificatórios em Le Mans, vai se retirar da corrida.

Um problema mecânico não especificado, causado pelo impacto de Jan Magnussen ao perder o controle na segunda parte das curvas Porsche danificou seu carro, que bateu em duas partes ao se chocar no guardrail. A parte da frente e de trás do Corvette foram significativamente destruídas e a equipe diagnosticou que não será possível repará-lo em Le Mans.

"Estamos desapontados que o número #63 não poderá competir em Le Mans este ano", disse Mark Kent, diretor da Chevrolet Racing. "A equipe Corvette Racing se dedicou muito para colocar as duas C7Rs para este evento e infelizmente apenas um vai estar na corrida."

Magnussen foi liberado do centro médico do circuito depois de ser examinado. Antonio García e Ryan Briscoe são os outros dois pilotos do carro.

No momento do acidente, o carro estava na sexta posição antes da confirmação da retirada esta noite.

 

Clique aqui e veja como foi a batida de Jan Magnussen.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Le Mans
Evento 24 Horas de Le Mans
Sub-evento Qualificação - Quinta-feira
Pista Le Mans
Pilotos Antonio Garcia , Jan Magnussen , Ryan Briscoe
Equipes Corvette Racing
Tipo de artigo Últimas notícias