Senna espera derrotar privadas para “aproveitar chances”

compartilhar
comentários
Senna espera derrotar privadas para “aproveitar chances”
Bruno Ferreira
Por: Bruno Ferreira
15 de jun de 2018 16:45

Brasileiro mira corrida limpa nas 24 Horas de Le Mans para estar no páreo caso haja contratempos com as Toyotas

#1 Rebellion Racing Rebellion R-13: Andre Lotterer, Neel Jani, Bruno Senna
#1 Rebellion Racing Rebellion R-13: Bruno Senna
#1 Rebellion Racing Rebellion R-13: Andre Lotterer, Neel Jani, Bruno Senna
#1 Rebellion Racing Rebellion R-13: Andre Lotterer, Neel Jani, Bruno Senna
#1 Rebellion Racing Rebellion R-13: Andre Lotterer, Neel Jani, Bruno Senna
#1 Rebellion Racing Rebellion R-13: Andre Lotterer, Neel Jani, Bruno Senna
#1 Rebellion Racing Rebellion R-13: Andre Lotterer, Neel Jani, Bruno Senna
#1 Rebellion Racing Rebellion R-13: Andre Lotterer, Neel Jani, Bruno Senna

Melhor colocado entre os protótipos privados para a largada nas 24 Horas de Le Mans, Bruno Senna expressou sua satisfação com o trabalho feito pela Rebellion até agora e cravou como objetivo estar em posição de aproveitar oportunidades caso haja algum problema com as Toyotas.

Senna, que integra o protótipo #1 ao lado de André Lotterer e Neel Jani, terminou a classificação de quinta-feira na quarta posição. Contudo, o outro carro da Rebellion, o #3, acabou tendo tempos deletados por não comparecer à pesagem obrigatória. 

O rendimento dos protótipos privados tem sido claramente aquém daquele dos híbridos, mas Senna espera estar no páreo caso surja uma oportunidade. “A gente não começa uma corrida sem pensar que podemos vencê-la”, disse, em entrevista ao Motorsport.com Brasil em Le Mans.

“Mas, de qualquer forma, a gente sabe que, para a gente vencer essa corrida, tem que dar coisa errada para a Toyota, e essa é a nossa chance. Então, a gente tem que estar lá para aproveitar a chance se a gente tiver.”

“É nosso alvo chegar à frente da SMP [equipe russa que inicia a prova em quarto e sétimo], mas nosso alvo principal é ir na corrida bem, sem ter problema. Porque, no final das contas, a gente sabe que nessas corridas acontece muita coisa, e o ritmo em si, mesmo que você perca um pouco de ritmo ou posições no começo, não faz muita diferença. É importante estar bem, sem danos no carro para a corrida toda.”

Senna também destacou a evolução da equipe Rebellion com o novo modelo R13 neste começo de campanha. “Demos um grande passo desde Spa, onde eu estava infeliz com o carro – todos estávamos, na verdade. Realmente um ritmo de desenvolvimento bem grande, o carro era muito novo quando começamos a temporada. E ele está melhorando cada vez mais, ficando mais do jeito que deveria ficar.”

“Na classificação [de Le Mans], não tivemos muita oportunidade para testar o carro, porque o primeiro qualifying foi uma piada, só teve acidente, bandeira vermelha. A qualidade de pista muito ruim, e no segundo treino foi mais normal. Não estávamos com o balanço certo, porque fizemos uma alteração e não deu muito certo. De qualquer forma, estou contente com o carro e estamos bem para a corrida.”

Next article
Motorsport Network e 24 Horas de Le Mans lançam categoria de e-sports

Previous article

Motorsport Network e 24 Horas de Le Mans lançam categoria de e-sports

Next article

Estratégia da BMW é correr contra si mesma, diz Farfus

Estratégia da BMW é correr contra si mesma, diz Farfus
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Le Mans
Evento 24 Horas de Le Mans
Localização Circuit de la Sarthe
Autor Bruno Ferreira