Sete carros são penalizados em Le Mans

Dos 55 carros que começam a prova, sete terão que ir para o fim do pelotão

O grid das 24 Horas de Le Mans foi modificado. No total, sete carros não vão começar da posição originada pelos treinos de classificação da quarta e quinta-feira. Fazem parte do pacote os três carros da Nissan da LM P1, que terão que largar do final do pelotão da LM P2, por não atingirem os 110% do tempo do melhor colocado.São eles: Harry Tincknell, Michael Krumm e Alex Buncombe; Oliver Pla, Jann Mardenborough e Max Chilton; Tsugio Matsuda, Mark Shulzhitskiy e Lucas Ordoñez

O carro #4, do Team Bykolles, com um CLM P1/01 AER, dos pilotos Simon Trummer, Pierre Kaffer e Tiago Monteiro, também vai para o fim do pelotão da P2 pelo mesmo motivo. O carro #45 da LMP2, também foi punido pelo tempo excedente e José Ibanez, Pierre Perret e Ivan Bellarosa terão que se contentar.

Na categoria GTE, a Ferrari #71 não conseguiu tempo abaixo dos 120% do pole da LM P1 e vai levar Davide Rigon, James Calado e Olivier Beretta para a 54° posição. O Porsche 911, número #68 que pegou fogo na quinta-feira também foi penalizado e larga em 55°, deixando Han-Chen Chen, Gilles Vannelet e Mike Parisy frustrados.

Vale lembrar que o Corvette #63 de Jan Magnussen teve que se retirar da prova por causa da batida que causou danos irreversíveis para a equipe consertar a tempo.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Le Mans
Evento 24 Horas de Le Mans
Pista Le Mans
Pilotos Michael Krumm , Tsugio Matsuda , Max Chilton , Alex Buncombe , Lucas Ordonez , Harry Tincknell , Jann Mardenborough , Mark Shulzhitskiy
Tipo de artigo Últimas notícias