Carbone supera Barrichello e vence em Interlagos

Fábio Carbone ultrapassou Rubens Barrichello na largada e depois conteve os ataques do paulistano para vencer corrida 1 em Interlagos; Vitor Meira terminou em 4º e se aproximou do título

A primeira corrida da rodada dupla final do Brasileiro de Marcas em Interlagos, realizada neste sábado (12) chuvoso,  foi vencida por Fábio Carbone. O piloto da Full Time superou o companheiro de equipe, Rubens Barrichello, assim que a bandeira verde foi acionada.

Durante a prova, o campeão da Stock Car em 2014 chegou a ameaçar a liderança de Carbone - os dois acabaram se tocando durante a prova - mas o piloto do carro #45 resistiu aos ataques de Barrichello e triunfou pela terceira vez na temporada 2015 do Brasileiro de Marcas, com Guilherme Salas completando o pódio.

"O Rubinho estava muito mais rápido que eu na classificação e acabou fazendo a pole, e no começo da corrida com chuva estava difícil porque não sabíamos direito onde estavam os pontos de melhor aderência. Felizmente consegui tracionar melhor que ele na saída da chicane para passar. Foi difícil de manter, porque o Rubinho também estava bem rápido - chegou a colocar do meu lado em uma volta - e no fim das contas estou bem feliz", disse Carbone.

Já Barrichello lamentou o fato de não ter conseguido transformar a pole position em vitória. "Fica um gostinho de quero mais. Mas a verdade é que fora o fato de o Fábio ser muito rápido e guiar muito bem os carros de tração dianteira - e ele está de parabéns pela vitória -, eu estava com um problema no câmbio. Meu powershift não funcionava e eu tinha que usar a embreagem em todas as trocas. Com isso eu perdia muito - ainda mais na chuva", afirmou.

Na briga pelo título, a disputa se resume agora a três candidados: Vitor Meira, líder da competição e quarto colocado na prova; Gustavo Martins, vice-líder e quinto colocado; e Nonô Figueiredo, sexto colocado e em terceiro na tabela. Com o grid invertendo os seis primeiros colocados da prova deste sábado, Nonô larga na frente na prova final de 2015, seguido por Martins e Meira.

Para o líder do campeonato, a conta é simples: com o resultado deste sábado, Meira chegou a 214 pontos, 30 a mais que Martins e 34 à frente de Nonô. Com a vitória valendo 35 pontos em Interlagos, Meira se consolida como campeão se terminar em 12º lugar e alcançar os 220 pontos, já que o máximo que Martins e Figueiredo podem somar é 219 e 215 pontos, respectivamente.

"Mesmo assim, ainda não vou dormir tranquilo. Mas amanhã vou pilotar tranquilo pensando no título, sem correr riscos. Vou guiar igual uma vovó", completou, em tom de brincadeira, o piloto da JLM Racing.

Confira o resultado:

Pos. Num. Piloto Equipe Carro Dif.
1 45 Fábio Carbone Full Time Sports Renault Fluence  
2 111 Rubens Barrichelo Full Time Sports Renault Fluence 1.512
3 12 Guilherme Salas Onze Motorsports Chevrolet Cruze 2.126
4 3 Vitor Meira JLM Racing Honda Civic 5.194
5 0 Gustavo Martins JLM Sport Honda Civic 7.757
6 11 Nonô Figueiredo Onze Motorsports Chevrolet Cruze 8.222
7 83 Gabriel Casagrande C2 Team Renault Fluence 12.500
8 38 Gaetano di Mauro/Sergio Ramalho C2 Team Chevrolet Cruze 14.193
9 17 Daniel Kaefer RZ Motorsport Toyota Toyota Corolla 15.732
10 57 Felipe Tozzo/Mauri Zaccarelli JLM Sport Honda Civic 15.786
11 43 Vicente Orige JLM Racing Honda Civic 16.584
12 9 Rodrigo Baptista Toyota Bassani Racing Toyota Corolla 17.295
13 31 Willian Starostik Toyota Bassani Racing Toyota Corolla 18.292
14 88 Alberto Cattucci KFF Pro Racing Chevrolet Cruze 39.398
15 1 Thiago Marques RZ Motorsport Toyota Toyota Corolla 1 volta
16 99 Cesar Bonilha Jupiter Racing Team Ford Focus 5 voltas
17 555 Ayman Darwich KFF Pro Racing Chevrolet Cruze 7 voltas
18 199 Marcelo Rocha Jupiter Racing Team Ford Focus 9 voltas
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Brasileiro de Marcas
Evento Interlagos
Pista Autódromo José Carlos Pace
Pilotos Rubens Barrichello , Fabio Carbone
Tipo de artigo Relato da corrida