Casagrande vence corrida 1 do Marcas em Curvelo

Piloto da C2 se iguala a Thiago Camilo como maior vencedor da história da categoria após boa performance nos treinos

Depois de liderar todos os treinos e marcar a pole position, Gabriel Casagrande tornou-se o primeiro vencedor da história da Copa Petrobras de Marcas no Circuito dos Cristais, em Curvelo (MG). O trabalho do paranaense da C2 Team, no entanto, esteve longe de ser fácil. O piloto caiu para o fim do pelotão na largada, após a primeira curva; foi recuperando posições uma a uma para reassumir a ponta e vencer pela segunda vez na temporada 2016. Carlos Souza e Felipe Tozzo completaram o pódio com Honda Civic e Ford Focus.

Mais do que isso, o resultado da corrida disputada na quente tarde mineira deste sábado (19) promoveu um tríplice empate na liderança do campeonato, com pilotos de marcas diferentes.

A classificação da temporada após a corrida de hoje tem Vicente Orige assumindo a ponta com os mesmos 179 pontos de Casagrande e Nonô Figueiredo. Os pilotos de Honda, Renault e Chevrolet mantêm campanhas marcadas pela regularidade, e o catarinense da JLM Sport leva vantagem no critério de desempate por ter duas vitórias na temporada - assim como Casagrande, mas perde no número de segundos lugares. Nonô, com uma só vitória até agora, aparece em terceiro.

A disputa segue equilibradíssima, ao passo que oito pilotos estão separados por apenas 48 pontos, sendo que a cada rodada dupla são 46 em jogo - os cinco primeiros estão separados por apenas oito pontos.

A corrida da tarde de hoje foi extremamente disputada e movimentada. Casagrande saiu na ponta, mas após a primeira curva perdeu espaço e caiu várias posições. "A largada foi normal, mas na segunda curva eu tive um deslize: o carro saiu de traseira - e no Marcas perde-se muito tempo quando isso acontece -, e quando tentei voltar o (Felipe) Tozzo já estava do meu lado e quase me jogou no muro", lembrou o paranaense, que agora soma nove vitórias na categoria e iguala o recorde de Thiago Camilo, primeiro campeão da história da categoria.

"Pelo menos não aconteceu nada demais com o carro e pude prosseguir recuperando posições. Quando eu estava assumindo a liderança eu e o Tozzo tivemos outro toque, e acho até que ele foi um pouco displicente na manobra, porque eu já estava do lado dele. Graças a Deus não aconteceu nada com nenhum dos dois carros. Tentei ganhar a ponta de novo e consegui. Consegui aproveitar os erros dos outros para ganhar posições, então estou feliz, porque o trabalho foi muito bem feito", prosseguiu.

Resultado

Pos. Piloto Equipe Modelo Dif.
1 83 Gabriel Casagrande C2 Team Renault Fluence -
2 28 Carlos Souza JLM Sport Honda Civic 3.009
3 57 Felipe Tozzo Friato Racing Team Ford Focus 5.035
4 17 Daniel Kaefer JLM Racing Honda Civic 5.432
5 43 Vicente Orige JLM Sport Honda Civic 5.699
6 0 Gustavo Martins JLM Racing Honda Civic 6.215
7 33 R.Choate/L.Razia RZ Motorsport Toyota Corolla 9.438
8 11 Nonô Figueiredo Onze Motorsports Chevrolet Cruze 10.946
9 21 Guilherme Salas Greco Renault Fluence 12.282
10 89 M.Meuenschwalder/F.Rabello   Chevrolet Cruze 12.992
11 55 Beto Monteiro   Chevrolet Cruze 42.064
12 1 Thiago Marques RZ Motorsport Toyota Corolla 45.615
13 88 Thiago Klein Paraguay Racing Toyota Corolla 1:35.279
14 74 Odair dos Santos Paraguay Racing Toyota Corolla 4 vt.
15 66 Enrico Bucci Friato Racing Team Ford Focus 6 vt.
16 12 Marcio Basso Onze Motorsports Chevrolet Cruze 7 vt.
17 3 Antonio Pizzonia C2 Team Renault Fluence -
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Brasileiro de Marcas
Evento Curvelo
Sub-evento Sábado
Pista Circuito dos Cristais - Curvelo
Tipo de artigo Relato da corrida