Em pole invertida, Salas vence corrida 2 do Marcas em Curvelo

Piloto de Jundiaí não dá chance a concorrência e vence com tranquilidade à frente de Nonô Figueiredo

Guilherme Salas voltou ao lugar mais alto do pódio depois de controlar a segunda corrida do fim de semana do Brasileiro de Marcas em Curvelo (MG) na manhã deste domingo (20). O piloto da Greco-Renault largou na frente com o grid invertido em relação à prova do sábado e conseguiu segurar o ímpeto de Nonô Figueiredo para vencer pela segunda vez na temporada.

"Primeiro eu tenho que agradecer a minha equipe. Eles ficaram ontem - na verdade até hoje a uma hora da manhã - consertando o carro. A Renault vem me ajudando, então agradeço a eles também", dedicou. "A corrida foi meio difícil", relativizou. "Nas primeiras voltas eu tinha um ritmo bom, mas depois o Nonô grudou em mim, mas consegui me manter em um ritmo rápido e pude assegurar a vitória. Estou muito feliz com o resultado, por todos da equipe", disse.

Para Nonô Figueiredo, o segundo lugar tendo carregado os 80 quilos pela condição de líder do campeonato, conforme o regulamento, é um resultado a ser destacado. "Com 80 quilos você pode até sonhar em fazer um resultado melhor do que esse, mas é bem pouco provável que você consiga. Ontem eu tive um problema de freio que me prejudicou e a pista estava muito quente. Andando atrás dos outros carros meu freio acabou tendo um superaquecimento, acabei rodando por conta disso e perdi a chance de marcar bastante pontos", afirmou.

"Porém", seguiu Nonô, "larguei em segundo hoje, consegui colocar uma pressão no Guilherme, mesmo ele tendo 70 quilos a menos, e depois o Casagrande chegou em mim, consegui segurar ele também. Chegar em segundo, faltando uma prova para o fim do campeonato, saindo daqui líder, mesmo que com uma pequena vantagem, mostra que a gente está competitivo. Acho que não tem nada ainda decidido, tem muita gente boa na briga e pra última corrida vou realmente tranquilo e fazendo nosso melhor, sabendo que lá todo mundo vai estar em condição igual e ninguém com peso", afirmou o piloto do Chevrolet Cruze #11.

Nonô, depois do triplo empate do resultado de ontem, assume a liderança de forma isolada, embora com apenas dois pontos sobre Vicente Orige - 199 a 197. O piloto do Honda Civic #43 segue firme na disputa, tendo conseguido o terceiro lugar no final.

O Brasileiro de Marcas segue para Interlagos para sua grande final. A rodada dupla terá todos os carros sem lastro de sucesso e a pontuação será diferenciada, colocando 70 pontos em jogo, em vez dos 46 habituais, o que coloca oito pilotos na disputa pelo título.

Resultado

Pos. Piloto Equipe Modelo Dif.
1 21 Guilherme Salas Greco Renault Fluence -
2 11 Nonô Figueiredo Onze Motorsports Chevrolet Cruze 3.235
3 43 Vicente Orige JLM Sport Honda Civic 6.722
4 57 Felipe Tozzo Friato Racing Team Ford Focus 16.113
5 55 Beto Monteiro   Chevrolet Cruze 19.211
6 28 Carlos Souza JLM Sport Honda Civic 19.832
7 0 Gustavo Martins JLM Racing Honda Civic 25.031
8 88 Thiago Klein Paraguay Racing Toyota Corolla 25.496
9 17 Daniel Kaefer JLM Racing Honda Civic 25.658
10 1 Thiago Marques RZ Motorsport Toyota Corolla 30.210
11 89 Mauro Meuenschwalder   Chevrolet Cruze 33.617
12 83 Gabriel Casagrande C2 Team Renault Fluence 38.353
13 74 Odair dos Santos Paraguay Racing Toyota Corolla 51.669
14 66 Enrico Bucci Friato Racing Team Ford Focus 1:37.305
15 12 Marcio Basso Onze Motorsports Chevrolet Cruze 1:38.171
16 33 R.Choate/L.Razia RZ Motorsport Toyota Corolla 1 vt.

Classificação do Campeonato - Top-5

1. Nonô Figueiredo - 199 pontos 
2. Vicente Orige - 197
3. Gabriel Casagrande - 183
4. Gustavo Martins - 182 
5. Thiago Marques - 174

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Brasileiro de Marcas
Evento Curvelo
Pista Circuito dos Cristais - Curvelo
Tipo de artigo Relato da corrida