Em prova emocionante, Rins triunfa; Morbidelli vai ao pódio

Álex Rins vence pela primeira vez na Moto2, com Johann Zarco terminando em segundo; o ítalo-brasileiro Franco Morbidelli chegou ao primeiro pódio da carreira

Em uma corrida emocionante e repleta de disputas, Alex Rins conquistou a primeira vitória na Moto2 na prova realizada neste domingo (9), em Indianápolis.

Como a chuva voltou a cair no final da Moto3, a pista norte-americana voltou a ficar úmida. A direção de prova reduziu a duração da prova em uma volta e permitiu aos pilotos da Moto2 andar um pouco mais na saída dos boxes para testar as condições da pista. Apesar das condições instáveis, os pilotos optaram pelos slicks.

Rabat partiu melhor e chegou a assumir a liderança, mas Rins retomou a ponta na curva um. A primeira volta, no entanto, foi tão intensa quanto a da Moto3 e na abertura da segunda volta quem liderava era Sam Lowes, com Dominique Aegerter em segundo e Julián Simón em terceiro. Rins era apenas o quinto.

Quem escalava o pelotão era o líder do campeonato, Johann Zarco, que ocupava o quarto posto no final da terceira volta. Na entrada da reta oposta, Simón sofreu uma queda, mas voltou à disputa. Na abertura da quinta volta, Hafizh Syahrin assumiu a ponta, seguido por Lowes e Zarco. Na volta seguinte, o francês superou os dois e assumiu o primeiro lugar.

Com as condições da pista se estabilizando, Rins e Rabat voltaram a andar rápido e escalar o pelotão novamente. A briga era intensa em todas as posições e a batalha pela liderança era entre Zarco, Aegerter e Syahrin. A 17 voltas para o final da prova, Rabat se juntou ao grupo e rapidamente superou o malaio para assumir o terceiro lugar, enquanto o suíço ultrapassou o francês para tomar a ponta.

Com dez voltas completadas, Mika Kallio e Lowes se tocaram, com o finlandês levando a pior. Rins, que havia cometido um erro e perdido posições, retomou o ritmo e subiu para segundo a 13 voltas para o final da prova. No giro seguinte, o espanhol superou o suíço na freada da primeira curva e se colocou no primeiro posto. Rins, Zarco, Aegerter, Rabat e o ítalo-brasileiro Franco Morbidelli formavam o grupo dos cinco primeiros, que receberam a companhia de Thomas Lüthi a sete voltas do fim.

Quem parecia sentir o desgaste dos pneus era Rins, que caiu para a quarta posição. Se o clima se estabilizou, a batalha pelas primeiras posições exalava instabilidade, com trocas de posições o tempo todo. A cinco voltas do fim, Lowes caiu e abandonou. Na penúltima volta, o pole voltou à liderança e, com as brigas atrás dele, conseguiu um pouco de fôlego para cruzar a linha de chegada à frente de todos e vencer pela primeira vez na Moto2.

O líder do campeonato chegou em segundo – o nono pódio seguido do francês na temporada – e Morbidelli completou o pódio, conquistando o melhor resultado da carreira. Aegerter foi o quarto e Rabat fechou o grupo dos cinco primeiros.

A Moto2 volta às pistas no dia 16 de agosto, com o GP da República Tcheca.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Moto2
Evento Indianapolis
Pista Indianapolis Motor Speedway
Pilotos Johann Zarco , Tito Rabat , Franco Morbidelli , Alex Rins
Tipo de artigo Relato da corrida