Fenati poderá voltar a pilotar a partir de 15 de fevereiro

compartilhar
comentários
Fenati poderá voltar a pilotar a partir de 15 de fevereiro
Por: Redação Motorsport , Writer
30 de out de 2018 21:48

Federação Italiana decidiu reduzir a pena do italiano, que poderá participar dos testes de pré-temporada da Moto2

A Federação Italiana de Motociclismo decidiu reduzir a pena de Romano Fenati, permitindo ao italiano voltar a pilotar a partir de 15 de fevereiro de 2019. Com isso, Fenati estará livre para participar dos testes pré-temporada do próximo ano da Moto2, onde tem várias ofertas para competir.

O piloto italiano foi punido no dia 10 de fevereiro, depois de tocar os freios de Stefano Manzi durante o GP de San Marino. As reações após a ação foram absolutamente explosivas, tanto de sua equipe quanto de entidades internacionais como a Federação Internacional de Motociclismo.

Duas semanas depois, os pedidos de quase todos os pilotos e a mediação da Dorna, para amenizar a punição, provocaram uma reação de perdão que agora começa a se materializar, mesmo com a chegada de propostas para o piloto competir em 2019.

A Federação Internacional retirou sua licença até 2019, para que em 1º de janeiro esteja apto para participar de seus eventos, como o Mundial de MotoGP.

Next article
Cerebral, Binder triunfa em briga de 5 e ganha na Austrália

Previous article

Cerebral, Binder triunfa em briga de 5 e ganha na Austrália

Next article

Equipe da Moto2 considera chamar Fenati de volta

Equipe da Moto2 considera chamar Fenati de volta
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Moto2
Pilotos Romano Fenati
Autor Redação Motorsport
Tipo de matéria Últimas notícias