Moto2 e Moto3 terão classificação igual MotoGP em 2019

compartilhar
comentários
Moto2 e Moto3 terão classificação igual MotoGP em 2019
Jamie Klein
Por: Jamie Klein
19 de nov de 2018 11:56

Formato adotado em 2013 fará sua estreia nas classes de acesso a partir da próxima temporada do mundial

Tanto a Moto2 como a Moto3 utilizarão um sistema de qualificação de duas partes no estilo da MotoGP a partir do próximo ano.

Desde 2013, a classe rainha passou a dividir as qualificações em duas sessões separadas - Q1 e Q2 - usando os tempos de treinos livres para determinar os participantes em cada grupo.

Os dez pilotos mais rápidos em tempos combinados do TL1, TL2 e TL3 ganham uma entrada direta no Q2, que determina as 12 melhores posições do grid – com os dois pilotos mais rápidos do Q1 compondo a sessão também.

No entanto, Moto2 e Moto3 continuaram desde então a manter o formato do treino tradicional, com uma única sessão para determinar todo o grid com 45 minutos na Moto2 e 40 minutos na Moto3.

Isso mudará para a próxima temporada, com a classificação em ambas as classes menores dividida em duas sessões de 15 minutos.

Por causa dos grids maiores, os 14 melhores pilotos dos treinos livres avançarão diretamente para o Q2, com quatro vagas disponíveis para os pilotos mais rápidos no Q1.

Os quatro pilotos que participarem em ambas as sessões receberão um pneu traseiro extra macio para usar.

Jakub Kornfeil, Prustel GP

Jakub Kornfeil, Prustel GP

Photo by: Gold and Goose / LAT Images

Next article
Miguel Oliveira vê Márquez cair e vence terceira em 2018

Previous article

Miguel Oliveira vê Márquez cair e vence terceira em 2018

Next article

MotoGP muda regra de chegadas com piloto e moto separados

MotoGP muda regra de chegadas com piloto e moto separados
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Moto2 , Moto3
Autor Jamie Klein