Suter volta atrás e desiste de abandonar Moto2

Forward Racing divulgou que usará motos Suter na temporada 2018 da Moto2, apesar do fabricante suíço anunciar recentemente sua saída da série

A Suter, uma das principais fabricantes da Moto2 desde a sua criação em 2010, anunciou a retirada da categoria, depois que uma das duas equipes de 2017, a Kiefer Racing, mudou para a KTM.

No entanto, a Forward Racing, que usou motos Kalex desde 2014, revelou que mudará para Suter para a próxima temporada, e realizará um "programa de teste estimulante" com foco em 2019.

A Forward está na Moto2 desde 2010, e usou motos Suter por três anos antes de mudar para a Speed Up por uma temporada e, em seguida, a Kalex desde 2014.

"Estou muito feliz em trabalhar novamente com a Suter Industries, que já era uma parte vital no início da nossa experiência na Moto2", disse o chefe da Forward, Giovanni Cuzari.

"Este é um retorno às origens, ainda tenho boas lembranças desses anos, o início de tudo, um período de trabalho árduo que nos recompensou com resultados fantásticos.”

"Durante a minha última visita à sede, sete anos após a minha última viagem a Turbenthal, vi grandes progressos e muitos investimentos realizados por esta empresa e acho que a Suter Industries é a única que poderia trazer atualizações importantes."

A permanência da Suter significa que o grid da Moto2 de 2018 terá seis chassis diferentes, juntamente com a Kalex, KTM, Speed Up, Tech 3 e NTS.

A Forward Racing entrará a temporada de 2018 com o antigo protegido da Sky VR46 Stefano Manzi e o piloto brasileiro Eric Granado, campeão do CEV Moto2 deste ano.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Moto2
Equipes Athina Forward Racing
Tipo de artigo Últimas notícias