Soberano, Kent vence em Silverstone e leva britânicos ao delírio

Mais líder do que nunca, piloto da Leopard Racing se aproxima a passos largos do título da Moto3

Nem as condições adversas são obstáculos para Danny Kent, que reina na temporada 2015 da Moto3. Em casa, o britânico passou incólume por uma prova repleta de incidentes e fez a alegria do público presente nas arquibancadas de Silverstone neste domingo (30), vencendo o GP da Grã-Bretanha.

De quebra, Kent viu os rivais diretos na briga pela taça enfrentarem dificuldades: Enea Bastianini, o vice-líder, sofreu uma queda nos momentos finais da prova e abandonou, enquanto Romano Fenati, que vinha em terceiro, também sofreu uma queda e terminou a prova apenas na 12ª posição.

A corrida

Na largada, com muita chuva, Kanika chegou a assumir a ponta, mas escorregou e saiu da pista, feito igualado por Navarro. Com isso, Isaac Viñales assumiu a liderança, seguido por Kent. Na segunda volta, Jorge Martin também foi ao chão, mas voltou à disputa. No giro seguinte, foi a vez de Brad Binder perder o controle da moto no piso escorregadio de Silverstone.

O principal destaque do início de prova foi a espanhola Maria Herrera, andando entre os seis primeiros. A quinze voltas do final, Viñales foi a vítima da vez na pista britânica e saiu da pista, entregando a liderança da prova de bandeja para Kent, que a esta altura tinha mais de quatro segundos de vantagem sobre Jakub Kornfeil.

Dos adversários do britânico na briga pelo título, o mais próximo era Romano Fenati, em terceiro na corrida – e no campeonato. Enea Bastianini, o vice-líder na tabela de pontos, vinha em nono. A doze voltas do final, Herrera sofreu uma queda e perdeu várias posições – pouco depois, a espanhola recolheu a moto para os boxes e abandonou.

Enquanto parte dos pilotos seguiam tendo dificuldades com o piso traiçoeiro – Kanika, que sofreu nova queda, que o diga – Kent seguia tranquilo na liderança, com quase dez segundos de vantagem sobre Kornfeil. A nove voltas do final, Fenati despencou na classificação da corrida ao perder o controle da moto e deslizar pelo asfalto de Silverstone.

E se a vitória de Kent estava praticamente definida, a briga pelas demais posições do pódio continuava em aberto nas voltas finais da corrida. Kornfeil sustentava pouco mais de um segundo sobre Francesco Bagnaia e Niccolò Antonelli, que vinham trocando posições constantemente.

No final da penúltima volta, porém, Bagnaia perdeu o controle da moto e caiu. O inusitado é que a moto seguiu na pista, na reta dos boxes novos de Silverstone até bater no muro interno. Para facilitar ainda mais a vida de Kent, Bastianini também caiu.

O britânico, então, seguiu tranquilo para mais uma vitória na temporada. Kornfeil foi o segundo e Antonelli completou o pódio. Fabio Quartararo foi o quarto e Livio Loi completou o grupo dos cinco primeiros.

Confira a classificação final da prova:

Posição Pontos Número Piloto Equipe Moto Tempo/Dif.
1 25 52 Danny KENT Leopard Racing Honda 44'13.623
2 20 84 Jakub KORNFEIL Drive M7 SIC KTM 8.492
3 16 23 Niccolò ANTONELLI Ongetta-Rivacold Honda 13.189
4 13 20 Fabio QUARTARARO Estrella Galicia 0,0 Honda 50.018
5 11 11 Livio LOI RW Racing GP Honda 51.755
6 10 17 John MCPHEE SAXOPRINT RTG Honda 53.726
7 9 58 Juanfran GUEVARA MAPFRE Team MAHINDRA Mahindra +1'01.086
8 8 48 Lorenzo DALLA PORTA Husqvarna Factory Laglisse Husqvarna +1'06.158
9 7 7 Efren VAZQUEZ Leopard Racing Honda +1'08.634
10 6 24 Tatsuki SUZUKI CIP Mahindra +1'13.589

 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Moto3
Evento GP da Grã-Bretanha
Pista Silverstone
Pilotos Enea Bastianini , Danny Kent , Niccolò Antonelli , Livio Loi , Romano Fenati
Tipo de artigo Relato da corrida