5º, Rossi diz: título é "mais importante" que vencer em casa

Piloto da Yamaha se mostra insatisfeito com resultado em Misano, mas ressalta importância de pontos conquistados para disputa pelo título

Quando Valentino Rossi assumiu a liderança do GP de San Marino, a torcida em Misano foi ao delírio. Na chuva, correndo em casa, dificilmente se imaginaria que o italiano perderia a prova. No entanto, a pista foi secando e Rossi demorou para voltar para a moto de pista seca, o que o fez terminar a prova deste domingo (13) na quinta posição - fora do pódio pela primeira vez na temporada.

O que poderia ser um resultado decepcionante acabou sendo positivo com o abandono de Jorge Lorenzo. Desta forma, Rossi ampliou a vantagem no campeonato de 12 para 23 pontos. O piloto da Yamaha, então, optou por ver o lado positivo da prova em Misano.

“A verdade é que o campeonato é muito mais importante do que vencer esta corrida. (Ser campeão) é o objetivo principal. Infelizmente, Jorge caiu e eu marquei somente 11 pontos. Acabou sendo bom para o campeonato, mas é decepcionante não estar no pódio na frente de tantos torcedores", disse.

Por fim, Rossi comentou a dificuldade de tomar a decisão correta em uma corrida com tantas variáveis, como foi o GP de San Marino, e alertou que mesmo com o azar de Lorenzo neste domingo, a disputa pelo título ainda está muito equilibrada.

“Foi uma prova imprevisível. Quando você precisa trocar de moto - duas vezes no caso de hoje - é necessário contar com a sorte e ter agilidade no raciocínio para entender todo o cenário. O quinto lugar acabou sendo um bom resultado, agora é focar na etapa de Aragon. Ainda restam cinco etapas e, infelizmente - para mim - Lorenzo é capaz de vencer todas e Marquez também será forte, então a disputa segue aberta".

Lorenzo fala em azar

A sete voltas do final da prova, Lorenzo sofreu uma forte queda na volta em que saía dos boxes após trocar de moto pela segunda vez na prova. Após um resultado abaixo do esperado em Silverstone, veio o abandono em Misano e o espanhol fala em uma maré de má sorte.

“Duas corridas consecutivas com azares, pois as circunstâncias não foram as usuais e a pista estava molhada. Em Silverstone eu não estava confiante em cima da moto e aqui eu não tive ritmo para aquecer os pneus adequadamente, então perdi a traseira e caí", disse.

Apesar de mencionar os azares, Lorenzo ainda demonstra muita confiança de que pode conquistar o título da temporada.

“Creio que este ano, em geral, tenho tido muito azar, especialmente nas duas últimas provas, mas as corridas são assim mesmo. Em outras temporadas, meus rivais que caíram e neste ano o azarado sou eu, mas não há nada perdido. Se eu vencer todas as corridas restantes, serei campeão independentemente da posição de Valentino", completou o vice-líder da temporada.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP de San Marino
Pista Misano
Pilotos Valentino Rossi , Jorge Lorenzo
Tipo de artigo Últimas notícias