Após erro em 2016, Rossi diz ter “conta pendente” com Austin

Piloto italiano espera poder fazer bom trabalho nos EUA para chegar à Europa em boa posição no mundial

O Circuito das Américas em Austin, no Texas, nunca foi uma das melhores pistas para o italiano Valentino Rossi. O piloto tem apenas um pódio no autódromo norte-americano que sedia a MotoGP desde 2013, um terceiro lugar em 2015.

No ano passado, apesar de ter mostrado no treino de aquecimento no domingo pela manhã um ritmo comparável ao do vencedor Marc Márquez, Rossi errou na largada ao queimar sua embreagem e, com o rendimento debilitado, acabou caindo na curva 2 na terceira volta da prova.

Para este ano, Rossi espera quitar seus débitos com Austin

"Estou feliz por estar no Texas. Eu realmente gosto de Austin”, iniciou Rossi.

“As duas primeiras corridas da temporada foram bem e espero melhorar o desempenho nos primeiros dias de treinos livres. Temos muito trabalho a fazer, mas estou confiante na minha moto e na minha equipe.”

“Austin é uma pista muito difícil e adoro andar aqui. Eu tenho uma conta pendente com esta pista porque no ano passado no warm-up eu tinha um grande ritmo para uma corrida forte, mas infelizmente cometi um erro.”

“Neste ano eu quero tentar ter uma boa corrida.

“Eu também gosto muito da atmosfera no circuito americano e venho a este lugar sempre muito feliz."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP das Américas
Pista Circuit of the Americas
Pilotos Valentino Rossi
Tipo de artigo Últimas notícias