Após pódio, Lorenzo vê vitória pela Ducati mais próxima

Bom resultado no GP de Aragón anima espanhol a crer em triunfo até o final desta temporada da MotoGP

Depois de sofrer no início da temporada na adaptação à Desmosedici GP17, o espanhol Jorge Lorenzo melhora cada vez mais sua performance na Ducati. O piloto espanhol conseguiu uma convincente terceira posição na ultima etapa, em Aragón, e por isso acha que sua primeira vitória na nova moto está mais próxima que nunca.

"Eu gostei muito mais deste pódio do que do primeiro que tive neste ano, em Jerez", disse Lorenzo. "O importante é que nos aproximemos da vitória”.

"Pelo outro lado, é uma pena liderar tanto tempo uma corrida, estar tão perto da vitória e ver Marc (Márquez) ganhando e tão próximo.”

"Mas o importante é que estamos progredindo, especialmente do meu lado. Conhecendo mais a moto e conhecendo o caminho para obter o máximo na Ducati.”

"E a equipe está me dando sempre alguns detalhes que tornam minha vida mais fácil e estamos progredindo muito rapidamente."

Ele acrescentou: "É bom, é um bom pódio, e com certeza a vitória está muito próxima".

"Muitos desejos" para Motegi

O espanhol acredita que tenha uma boa chance de finalmente conquistar sua primeira vitória com a Ducati em Motegi. Ele ganhou no Japão com a Yamaha em 2009, 2013 e 2014. Jorge crê que a pista de Motegi seja melhor para a Ducati que a de Aragón.

"Aragón não foi a pista ideal para esta moto nos últimos anos", afirmou. "O único ano em que esta moto foi muito competitiva aqui foi em 2010, mas no ano passado não foi o melhor lugar para a Ducati.”

"Mas Motegi pode ser. Motegi é a próxima, tenho muitos desejos para essa faixa.”

"É uma das minhas pistas favoritas. Temos muitas freadas, muitas acelerações e podemos tentar novamente lutar pela vitória."

Reportagem adicional por Oriol Puigdemont

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP de Aragón
Pista Motorland Aragon
Pilotos Jorge Lorenzo
Equipes Ducati Team
Tipo de artigo Últimas notícias