Após quedas, GP da Alemanha terá baixas de pilotos na MotoGP

Contundidos, Stefan Bradl e Karel Abraham não poderão tomar parte em corrida disputada em Sachsenring.

O GP da Alemanha da MotoGP ainda nem começou, mas já tem duas baixas na categoria principal. Uma delas vai ser bastante sentida pelos fãs locais. Stefan Bradl, piloto da Forward Racing e único alemão do grid, não correrá a prova de Sachsenring. Ele sofreu uma fratura no escafoide da mão direita em uma queda durante o GP da Holanda.

“Os médicos me aconselharam a não apressar a recuperação para não comprometer o resto da temporada ", disse Bradl, que teve de passar por uma cirurgia para corrigir a contusão.

"Minha mão ainda está dolorida e vou tentar tirar o máximo de proveito da pausa de quatro semanas antes da corrida em Indianápolis. Eu estarei em Sachsenring com a equipe para atender meus compromissos com a mídia, os patrocinadores e todos os meus fãs."

O piloto da moto de número 6 dará lugar ao italiano Claudio Corti. Corti chegou a andar no time na MotoGP no ano de 2013 ao lado do norte-americano Colin Edwards. Depois disso, ele foi para a equipe da MV Agusta na Superbike, onde correu até o fim de 2014.

Outro piloto que não corre no GP da Alemanha é o tcheco Karel Abraham. Ele deslocou o dedão do pé durante os treinos para o GP da Catalunha e já não pôde competir na Holanda, sendo vetado também para Sachsenring.

Seu substituto será o japonês Hiroshi Aoyama, que andou no lugar de Dani Pedrosa na Repsol Honda no início desta temporada em Austin, Argentina e Espanha, tendo um 11º como melhor posição. Dani teve de se ausentar após passar por uma cirurgia no braço direito.

Rabat quebra clavícula

O campeonato da Moto2 também entrou no noticiário de contusões pré-GP da Alemanha. O espanhol Tito Rabat sofreu neste final de semana uma falha no freio de sua moto treinando na pista de Almeria, na Espanha, e quebrou sua clavícula direita.

No entanto, mesmo passando por uma cirurgia neste domingo, o atual campeão do mundo confirmou que tentará correr a prova em Sachsenring. Rabat atualmente ocupa a vice-liderança da temporada da Moto2, a 45 pontos do líder Johann Zarco.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP
Evento GP da Alemanha
Pista Sachsenring
Pilotos Stefan Bradl
Equipes Athina Forward Racing
Tipo de artigo Últimas notícias