Chefe de Curvelo garante intenção de trazer MotoGP ao Brasil

Após inspeção prévia feita pela FIM e pela Dorna, administradores trabalham com data no calendário a partir de 2018

O sonho de trazer a MotoGP de volta ao Brasil pode estar próximo. Depois do adiamento do retorno do mundial ao país em 2014 devido aos atrasos nas obras do circuito de Brasília, o campeonato poderá ter como casa em um futuro próximo o Circuito dos Cristais, em Curvelo (MG).

Quem garante o interesse é o diretor da pista, Marco Túlio Ferreira. Segundo ele, uma inspeção prévia já foi feita pela organização do mundial, que apenas fez algumas recomendações no projeto – que ainda não foi finalizado. Ele mostrou otimismo com o parecer dos técnicos.

“Existe sim (a intenção de receber a MotoGP)”, disse ao Motorsport.com.

“A pista ainda não foi homologada pela FIM, mas nós já tivemos uma visita técnica do pessoal do mundial. Franco Uncini (campeão da MotoGP em 1981 e atualmente consultor de segurança do mundial) pela FIM,  junto com um representante da Dorna (empresa que rege a MotoGP), o Javier Alonso.”

No entanto, o diretor explica que o circuito depende de uma grande evolução de infraestrutura da cidade de Curvelo para receber o aval para ser uma das sedes da MotoGP. O Brasil não está no calendário do mundial desde 2004.

“Eles fizeram observações detalhadas. Realmente existe essa meta nossa de preparar a pista para trazer um dia uma etapa da MotoGP. Mas isso também não é tão simples, porque você precisa de uma grande estrutura ao lado do autódromo para receber um evento desta envergadura.”

“Acreditamos que, quem sabe, em 2018 nós consigamos fazer isso. Mas isso demanda um investimento maior. Precisamos de um melhor acesso, estrutura de bares, restaurantes e hotéis para comportar um evento como este.”

Marco Túlio deixou claro que a intenção desde o início foi fazer do Circuito dos Cristais uma pista boa para a prática do motociclismo.

“A parte técnica foi bem simples. Este autódromo foi pensado como um motódromo. Existem apenas alguns pontos na pista que precisam ser trabalhados em termos de segurança. Temos três pontos na pista que precisamos atacar. Mas, pelo que eles nos passaram, nossa estrutura está ok.”

Mundial de Motocross também é alvo

Fazendo parte da série de obras ainda prometidas, uma pista de motocross é uma das prioridades da administração do circuito. Marco Túlio garante que há interesse de trazer o Mundial de Motocross de volta ao Brasil. O campeonato não corre no país desde 2014.

“Em 2017 e 2018 estaremos fazendo muitas obras aqui”, prosseguiu.

“Nosso complexo não é só on-road, temos uma meta também de trazer eventos off-road. Em 2017, nós teremos várias etapas do campeonato mineiro de motocross, vamos ter o brasileiro de motocross e ainda outras provas como enduro e cross-country.”

“Temos área já para isso. Quem sabe podemos trazer também o mundial também. Já conversamos com o pessoal da YouthStream (gestora do MXGP), mas não tem nada planejado. De qualquer forma, também pensamos nisso.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias MotoGP , Stock Car Brasil
Tipo de artigo Últimas notícias